Ucrânia: federação lança campanha para imprimir livros infantis

Financiamento coletivo obtém recursos para viabilizar iniciativa
-Publicidade-
A abertura da feira, na segunda-feira 21, foi marcada por uma breve exposição de alguns livros ucranianos
A abertura da feira, na segunda-feira 21, foi marcada por uma breve exposição de alguns livros ucranianos | Foto/Reprodução: Pixabay

O Instituto do Livro da Ucrânia pediu ajuda à Federação Europeia de Editores para imprimir livros infantis de editores ucranianos. Os livros devem ser publicados nos países que estão acolhendo os quase 3 milhões de refugiados que deixaram a Ucrânia desde a invasão russa. 

Uma campanha de financiamento coletivo foi lançada na terça-feira 22 na Feira do Livro Infantil de Bolonha, Itália, para atender ao pedido da instituição estatal. “Esses livros ucranianos ajudarão as crianças a se entreter, mantendo os laços com o país de origem”, informou o comunicado da Federação Europeia. 

Durante a apresentação do projeto na Feira de Bolonha, Anne Bergman, representante da Federação Europeia de Editores, disse que o Instituto do Livro Ucraniano pediu a ajuda deles na sexta-feira 18 para abrir uma conta bancária na Europa, a fim de levantar fundos. 

-Publicidade-

“Esperamos que outras pessoas possam ajudar”, disse Anne. “É importante que as crianças continuem podendo ler em ucraniano, embora tenham certeza de que logo irão aprender outra língua.” 

O estande de livros ucranianos está vazio na feira. O da Rússia também está, por que eles foram desconvidados — o governo de Putin iria patrocinar os editores russos. Em homenagem à Ucrânia, a organização da feira fez um manifesto, assinado também por outras feiras do mundo — a Bienal do Livro de São Paulo inclusive —, que foi colocado na entrada do evento. 

“Achamos deplorável o uso da força pelo regime russo”, informa o manifesto. “Não podemos permanecer quietos ou indiferentes ao ataque que a Rússia está fazendo à Ucrânia em um campo de extermínio.”

A abertura da feira na segunda-feira 21 foi marcada por uma breve exposição de alguns livros ucranianos que ainda estavam no acervo. Hoje, uma caixa com outros títulos de livros ucranianos chegou à feira para ser apresentada ao público. 

Até a data desta publicação, pouco mais de € 700 (R$ 4 mil, na cotação atual) foram arrecadados para o financiamento dos livros ucranianos. Qualquer pessoa pode doar através deste link.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.