União Europeia envia aviões para ajudar a conter incêndios florestais na Turquia

Oito pessoas já morreram em decorrência das chamas
-Publicidade-
Pelo menos 130 focos de incêndio foram registrados na Turquia
Pelo menos 130 focos de incêndio foram registrados na Turquia | Foto: Reprodução/Mídias sociais

Os incêndios que assolam o sudoeste da Turquia deixaram pelo menos oito pessoas mortas e obrigaram turistas e moradores a deixarem a região às pressas. São pelo menos 130 focos de queimadas espalhados pelas cidades de Manavgat, Marmaris e Bodrum. Devido à gravidade do cenário, a União Europeia (UE) enviou aviões para lutar contra as chamas.

Duas aeronaves Canadair, da Espanha, e uma da Croácia foram enviadas nesta segunda-feira, 2, para ajudar as autoridades turcas. “A União Europeia é totalmente solidária à Turquia neste período difícil”, declarou o comissário europeu para a Gestão de Crises, Janez Lenarcic. “Nossos pensamentos estão com o povo turco, que perdeu entes queridos.”

Histórico de incêndios

A Turquia sofre os piores incêndios em pelo menos uma década, com cerca de 95 mil hectares queimados em 2021, contra uma média de 13,5 mil no mesmo período entre 2008 e 2020, de acordo com dados oficiais.

Leia também: “Incêndio florestal na Califórnia já atinge o Estado de Nevada”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro