União Europeia pode reabrir fronteiras para países de fora do bloco em julho

Países com turismo mais forte, como a Grécia, querem voltar a receber logo estrangeiros, enquanto a Alemanha se fechou até 31 de agosto.
-Publicidade-
Grécia quer reabrir fronteiras o quanto antes | Foto: Dimitris Vetsikas/Pixabay
Grécia quer reabrir fronteiras o quanto antes | Foto: Dimitris Vetsikas/Pixabay | união europeia - fronteiras - reabertura

Países com turismo mais forte, como a Grécia, querem voltar a receber logo estrangeiros, enquanto a Alemanha se fechou até 31 de agosto

união europeia - fronteiras - reabertura
Grécia quer reabrir fronteiras o quanto antes | Foto: Dimitris Vetsikas/Pixabay

A Comissão Europeia propôs nesta quarta-feira uma reabertura gradual das fronteiras da União Europeia a países de fora do bloco a partir de 1º de julho.

-Publicidade-

Apesar de alguns países já terem iniciado a flexibilização e a reabertura econômica há algum tempo, a Alemanha se manterá fechada para países de fora do bloco pelo menos até 31 de agosto.

As propostas para a abertura a países estrangeiros devem começar a ser apresentadas ainda esta semana, segundo o vice-presidente da comissão, Josep Borell. De acordo com ele, “um certo número de princípios e critérios”  vão ter de ser respeitados, baseados em uma estratégia comum dos países membros.

A proibição de viagens não essenciais à União Europeia está em vigor desde 17 de março devido à pandemia de coronavírus e deve durar até 15 de junho. Ocorreu de maneira coordenada entre os Estados membros e a Comissão Europeia.

No final de semana passado, 27 ministros do Interior concordaram em abrir progressivamente os países a outros Estados de fora do espaço Schegen e da UE.

A comissária para Assuntos Interiores do bloco, Ylva Johansson, apontou que os países não estavam todos de acordo sobre os critérios para a reabertura na semana passada.

Países que dependem economicamente mais do turismo como a Grécia, por exemplo, estão mais propensos a fazerem a reabertura do que outros.

A Alemanha decidiu, ainda nesta quarta, que manterá as fronteiras abertas apenas para membros da UE, do espaço Schegen e para o Reino Unido até 31 de agosto.

“Nós estamos bastante conscientes que vários cidadãos querem viajar novamente para fora da Europa, assim que for possível”, afirmou o ministro de Assuntos Estrangeiros alemão, Heiko Maas. “O momento em que viagens para fins turísticos poderão novamente ser justificadas dependerá da evolução da pandemia”. Para ele, se o vírus chinês der sinal de enfraquecimento em setembro, a decisão pode ser modificada.

 

 

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. Será que a partir de 31 de Agosto eu poderia ir visitar meu noivo na Suécia por 2 meses? Iria com Passagem de ida e volta e tenho nosso apartamento e endereço fixo.
    Agradeço a atenção
    Kareen Paiva

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.