União Europeia propõe suspender € 7,5 bilhões à Hungria

Segundo o bloco econômico, isso é uma represália ao país por ‘desrespeitar o Estado de Direito’
-Publicidade-
Os Estados-membros têm três meses para decidir pela proposta
Os Estados-membros têm três meses para decidir pela proposta | Foto: Divulgação/Pixabay

A Comissão Europeia propôs neste domingo, 18, a suspensão de € 7,5 bilhões (65% dos fundos comunitários) à Hungria. O bloco de 27 países acusa o governo de Viktor Orbán de não combater a corrupção e de violações do Estado de Direito.

O anúncio foi feito pelo comissário para o Orçamento e Administração, Johannes Hahn, em conferência de imprensa. “A decisão de hoje é uma demonstração clara da determinação da Comissão de proteger o orçamento da União Europeia e de usar todas as ferramentas a nossa disposição para garantir este importante objetivo”, disse Hahn.

Se a maioria dos Estados-membros apoiar a proposta, a medida afetará os chamados fundos de coesão da Hungria, que visam ajudar a levar as economias e a infraestrutura dos países da UE aos padrões do bloco. A Hungria tem até 19 de novembro para tratar das preocupações citadas pela Comissão.

-Publicidade-

De acordo com a UE, no período entre 2015 e 2019, a proporção de irregularidades no uso de fundos da UE foi maior na Hungria do que em qualquer outro país do bloco.

Adotado em 2021, o regulamento relativo à condicionalidade prevê que, no caso de as violações do Estado de Direito em situações que afetam os interesses financeiros da UE, a Comissão possa propor ao Conselho a adoção de medidas “adequadas e proporcionais”, como a suspensão de verbas.

O ministro do Desenvolvimento da Hungria, Tibor Navracsics, encarregado das negociações com a UE, disse que o país cumprirá todos os 17 compromissos assumidos com a Comissão Europeia para evitar a perda de qualquer financiamento da UE. “Assumimos compromissos que sabemos que podem ser implementados, portanto, não enfrentaremos uma perda de fundos”, disse Navracsics.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. As noticias lá são como aqui, a verdade que convém, não a realidade. A comunista União Européia eta´impondo sanções à Hungria por está ter um governo conservador.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.