Venezuela tem 268 presos políticos, informa ONG

Devido à situação do país, a emigração de venezuelanos pode chegar à marca de 7 milhões de pessoas até o fim de 2021
-Publicidade-
Nicolás Maduro já mandou prender mais de 200 opositores
Nicolás Maduro já mandou prender mais de 200 opositores | Foto: Reprodução/Fotos Públicas

A organização não governamental (ONG) Foro Penal informou ontem, terça-feira 10, que a Venezuela tem 268 cidadãos detidos como presos políticos. Segundo o diretor e vice-presidente da instituição, Gonzalo Himiob, 253 dos presos são homens e 15 são mulheres.

Uma das detenções mais repercutidas nos últimos meses foi a do ex-deputado opositor Freddy Guevara. O parlamentar, preso no início de julho, é acusado de envolvimento com grupos paramilitares.

“Além disso, 9.406 pessoas estão sujeitas a processos penais arbitrários por motivos políticos, mas sob medidas cautelares”, disse o representante da ONG. Segundo Himiob, mais de 15 mil detenções políticas foram registradas no país desde 2014. A Foro Penal prestou assistência a 12 mil detidos.

Segundo levantamento realizado pela Organização dos Estados Americanos (OEA), a emigração de venezuelanos pode chegar à marca de 7 milhões de pessoas até o fim de 2021. Esse número superaria o registrado no êxodo da Síria, considerado o maior do mundo, com a fuga de 6,7 milhões de vítimas da guerra no país localizado no Oriente Médio.

Leia também: “A escuridão da face externa”, artigo de Augusto Nunes publicado na Edição 70 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro