Vereador e filha de governador são assassinados na fronteira paraguaia

Crimes ocorreram com intervalo de menos de 24
-Publicidade-
Carro das vítimas estava em Pedro Juan Caballero, no Paraguai
Carro das vítimas estava em Pedro Juan Caballero, no Paraguai | Foto: Reprodução/Redes sociais

Na região de fronteira entre Brasil e Paraguai, cinco execuções foram registradas em menos de 24 horas. As forças policiais dos dois países investigam se há ligação entre os casos, que vitimaram um vereador brasileiro e a filha de um governador paraguaio.

Leia também: “Primeiro-ministro é investigado por morte de presidente do Haiti”

A primeira vítima foi Farid Charbell Badaoui Afif (DEM-MS), vereador de Ponta Porã (MS), alvejado na tarde da sexta-feira 8 enquanto andava de bicicleta pela cidade. Na manhã deste sábado, 9, ocorreu o assassinato das outras quatro pessoas na vizinha Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Os criminosos atiraram nas vítimas que saiam de uma casa noturna. Entre elas, estava Haylee Carolina Acevedo Yunis — filha do governador do Estado Amambay, Ronald Acevedo, onde fica o município paraguaio.

-Publicidade-

Na companhia de Haylee, morreram Omar Vicente Álvarez Grance (32 anos), Kaline Reinoso de Oliveira (22 anos). e Rhamye Jamilly Borges de Oliveira (18 anos).

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.