Na Pensilvânia, 21 mil mortos constam na lista de eleitores - Revista Oeste

Edição da semana

Em Em 6 nov 2020, 15:00

Na Pensilvânia, 21 mil mortos constam na lista de eleitores

6 nov 2020, 15:00

Entidade denuncia que o Estado falhou em manter os registros atualizados; região tem 20 votos no Colégio Eleitoral

21 mil mortos

Trump assegura que o resultado das urnas será decidido pelo “STF dos EUA”
Foto: Cam Miller/Flickr

A entidade Public Interest Legal Foundation (Pilf) garante que 21 mil mortos estão na lista de eleitores da Pensilvânia, Estado-chave que pode definir a eleição dos EUA. Nesta sexta-feira, 6, o candidato Joe Biden ultrapassou na região o presidente Donald Trump e segue na liderança pelos 20 delegados. Conforme a ação movida na Justiça pela Pilf, a Pensilvânia (governada pelos democratas) falhou em “manter razoavelmente” seus registros de eleitores de acordo com as leis federais e estaduais a tempo para a eleição presidencial de 2020.

Trump pôs em xeque o pleito norte-americano e assegura que o resultado das urnas será decidido pelo “STF dos EUA”, equivalente ao Supremo Tribunal Federal. “A Pensilvânia deixou os nomes de mais de 21 mil indivíduos mortos nas listas de eleitores menos de um mês antes de uma das eleições gerais mais importantes para detentores de cargos federais em muitos anos”, salienta a Pilf, na ação. De acordo com o processo, 92% dos 21 mil mortos nas listas eleitorais da Pensilvânia vieram a óbito antes de outubro de 2019.

Leia também: “Funcionário dos ‘Correios dos EUA’ é preso por irregularidades”

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

36 Comentários

  1. Devia era decepar a cabeça de todos que fizeram parte dessa fraude! TRAIRAS!

    Responder
    • Essa é uma das consequências da esquerdização dos norte-americanos. A honestidade foi embora junto com o patriotismo. Lamentável!

      Responder
      • Uma frase de Thomas Jefferson!

        ”De tempos em tempos a arvore da liberdade tem que ser regada com o sangue de patriotas e tiranos.”

        Eu vou além, pois aqueles que amam a própria pátria não merecem morrer por ela, e colocaria dessa seguinte forma : ”regada com o sangue de tiranos e traidores.”

        Responder
        • Essa notícia foi checada? Os votos foram mesmo computados por mortos? Isso tá parecendo mimimi de perdedor! Trump tem q abaixar essa bola e aceitar a derrota.
          O engraçado é que ele previu que seria derrotado, e já vem colocando essa história de fraude na cabeça de muita gente há muito tempo. Todos sabem que os democratas levam a pandemia mais a sério, e não sairiam pra votar presencialmente em sua maioria.
          Se for realmente verdade, os votos foram mesmo feito em nome de pessoas mortas. Qual foi o impacto? Os votos foram todos para o biden? Essa apuração tem q ser feita de forma seria e honesta, por pessoas dois dois lados.

          Responder
        • kkkkkkkkkk …fala “patriota” … o “patriota” iludido pelas fake news mais absurdas da história!

          Responder
      • Não ficou claro para mim na matéria: os nomes estavam na lista por falta de atualização dos óbitos, mas há votação com esses nomes? Se não, então não haveria fraude. É isso?

        Responder
        • Foi isso que entendi também. Só caracteriza fraude se for comprovado que os eleitores mortos votaram

          Responder
        • A cédula eleitoral precisa de alguém para preenche-la, se o eleitor está morto, quem a preencheu? Simples não?

          Responder
      • Vai criar vergonha nessa cara! Deixa de acreditar em fake news! Essa matéria é mentira pura!

        Responder
      • Comentário burro! Típico de gente sem um pingo de cultura geral, suscetível a acreditar em tudo que é fake news, mentiras e teorias da conspiração!

        Responder
    • Muito triste o que ocorre nos EUA; lamentável tirar um Homem forte para colocar um fraco… o mundo está cheio de homens fracos e “homens fracos criam tempos difíceis” Trump é o maior líder da América… o que será da América sem Trump?????

      Responder
      • Eles não votaram. O governo da Pensilvania não atualizou o cadastro de eleitores do Estado. É uma grande diferença ter uma lista de eleitores mortos e lista de eleitores mortos que votaram..

        Responder
        • Mentira!

          Responder
      • KKKKKKK … Só rindo! Trump o maior líder??? Só se for líder das fake news, da arrogância e da boçalidade! Acorda pra realidade! Essa historinha de mortos votando é mentira!

        Responder
    • kkkkkkkkkkk … Devia era cortar as cabeças de quem mente, de quem publica fake news e teorias da conspiração, como essa matéria e outras … Mas deviam, mais ainda, cortar as cabeças de quem acredita nessas palhaçadas. Típico de ignorantes, gente de níve cultural baixo.

      Responder
  2. como tem gente baixa nesse mundo!

    Responder
    • Quando você acha que chegou ao fundo do poço, tem um alçapão!

      Responder
    • Bem…. pessoal….. Não ficou muito claro…. esses 21 mil votaram?

      Responder
  3. É de rir a esculhambação das eleições no Rio Sam, independentemente das torcidas. Aqui no Brasil também acontece. O importante é saber se alguém votou por eles. Estar na lista não significa erro ou fraude.

    Responder
  4. Que tudo se esclareça por lá.
    Bom para todo o mundo ocidental. Destaque-se o Brasil.

    Responder
  5. Olha, começo a acreditar em fraude. Essa historia de mortos estarem na lista parece com nossa previdência, que pagava aposentadoria e pensões a mortos, auxilio doença a quem já trabalha, auxilio defeso para quem nunca pescou na vida, o BPC para idosos com casa de praia, etc, etc. Neste governo foi aprovada a MP871 de combate à fraudes da previdência e aquele senador do Amapá que judicializa tudo, Randolfe Rodrigues e que vota contra todas as reformas, também votou contra esta medida.
    Se verdadeiro, e com a fragilidade do voto pelo correio para conferencia de assinaturas, o envio de cédulas para o mesmo eleitor em endereços diferentes, e rasuras na data de postagem conforme informou a competente jornalista Ana Paula da revista oeste, poderiam permitir duplicidade e ilegalidade do voto.
    Curioso é, por que pais tão desenvolvido, não tem a nossa “tecnologia? e segurança?” do voto eletrônico, que nossos ministros do STF insistem em dizer que nunca houve fraudes nesse sistema. Só não explicam como constataram, se nunca houve auditoria. Como auditar um voto eletrônico? Pois é, nosso Congresso aprovou em 2015, legislação que introduzia o voto impresso acoplado a urna eletrônica, blindado e depositado em urna lacrada, para simplesmente poder AUDITAR.
    Inicialmente o próprio eleitor observava que foi para essa “urna impressa”, o mesmo voto contido na urna eletrônica, e segundo e principal objetivo, AUDITAR por amostragem urnas sorteadas em vários locais. Portanto a apuração seria eletronicamente feita, e caso constatada qualquer irregularidade na auditagem, haveria a contagem geral dos votos impressos. Curiosamente, há até jornalistas que pensam que o voto impresso é levado para casa com o eleitor.
    Recentemente nossos ministros de notável saber jurídico, declararam INCONSTITUCIONAL o voto impresso por “violação do sigilo e liberdade do voto”, com o seguinte parecer do relator Gilmar Mendes; ” não é possível fazer uma mudança tão abrupta no processo eleitoral, colocando em risco a segurança das eleições e gastando recursos de forma tão irresponsável”, e foi acompanhado por 7 ministros e com o risível comentário do ministro Barroso atual presidente do TSE: “o sistema brasileiro de votação por urna eletrônica nunca apresentou fraudes por mais de 20 anos e , portanto, a mudança não faz sentido”.
    Dá para entender com que facilidade se torna INCONSTITUCIONAL uma lei aprovada pelo Congresso Nacional? Pior, este nem contesta e nem manda cumprir a Lei? Afinal, não há independência e harmonia entre os poderes?
    Preocupa-me que em 2.022 tenhamos problemas semelhantes, em virtude da provável e acirrada disputa eleitoral, como a que esta ocorrendo nos Estados Unidos, e a recontagem pelo voto impresso poderá ser a solução para qualquer dos concorrentes.

    Responder
  6. de todos os mortos, quantos votaram?

    Responder
    • Do jeito que a coisa anda, todos eles! Desde 1776, o ano da fundação dos EUA!

      Responder
  7. Esquerda é esquerda em qualquer lugar do mundo.
    Que baixaria.

    Responder
    • Será que o STF dos USA são como o nosso , esculhambado ? Votar pelos Correios e aceitar é a maior prova de que Papai Noel existe.

      Responder
    • Democratas são esquerdistas??? kkkkkkkkkkkk … Meu Deus, como tem gente otária nesse mundo, que acredita em tudo que é teoria da conspiração. Fake news! Mentira!

      Responder
  8. País de Bill Gates e de Marck Zuckerberg , e outros da Tecnologia,tem uma forma de eleição tão rastaquera.

    Responder
  9. Será que o STF dos USA são como o nosso , esculhambado ? Votar pelos Correios e aceitar é a maior prova de que Papai Noel existe.

    Responder
    • Não , lá a SUPREMA CORTE não tem “juízes honestos” como os daqui, Álvaro ❗

      Responder
  10. Ele questiona tudo referente a ele só que ele se esquece de mencionar que todos os republicanos do Senado foram reeleitos. E Na Câmara se não aumentou está no mesmo número.
    O Presidente dos USA tem que negociar com o Congresso diferentemente daqui onde o Centrão e esquerdistas ditam as regras.

    Responder
    • Donald Trump perdeu a reeleição e nada irá reverter isso. Eu estou comemorando muito. Aceitem que dói menos. Janeiro Jon Biden vem pleno assumir e também irá se reeleger. Fora Trump.

      Responder
  11. O artigo do Guzzo exprime toda a realidade: Republica de bananas

    Responder
  12. A cédula eleitoral precisa de alguém para preenche-la, se o eleitor está morto, quem a preencheu? Simples não?

    Responder
  13. INFELIZMENTE O HEMISFÉRIO OCIDENTAL ESTÁ SENDO TOMADO DE ASSALTO PELO COMUNISMO… NÃO HÁ LIMITE EM CORRUPÇÃO E TRAPAÇAS PARA QUE ELES TOMEM O PODER… ESTRATEGIA LENINISTA – BOLSONARO E TRUMP SÃO ÍCONES DA RESISTÊNCIA! ESPERO QUE OS EUA SE RECUPEREM E DÊEM EXEMPLO, IMPEDINDO A POSSE DESSE CANALHA JOE BIDEN.

    Responder
    • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk … otário de acreditar numa besteira dessa! Conspiracionismo puro!

      Responder
  14. Que mentira! Fake news! Tem que ser muito otário pra acreditar numa besteira dessa. Tudo pra justificar o “showzinho” do Trump e m não admitir que PERDEU! Boato! Mentira! Fake! … e já foi desmentido!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Um caso de amor com a tirania

Na França, é cada vez mais evidente o namoro com o autoritarismo sob o disfarce da racionalidade, da competência administrativa, do bem comum, da justiça social

O custo e o valor de ser ‘contrariador’

Prêmios como o ‘Contrarian Prize’ servem para aplacar o medo que muitos têm de se manifestar em defesa daquilo em que acreditam e assim reduzir o poder social do cancelamento cultural

Mentir e trancar é só começar

“Se você começar a proibir aglomeração em ônibus, vai faltar povo pra abastecer a quarentena vip, né?” / “Aí você captou tudo. Vidas doces importam”

O culto à ignorância

Valorizar a educação formal e a cultura clássica virou preconceito elitista, um mau sinal para o futuro

Não é erro, é viés!

Não é uma tese conspiratória imaginar que há, sim, esquema nas pesquisas. Essa é uma possibilidade plausível

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

O ex-mártir

O ex-mártir

"O antigo santo da luta anticorrupção, bandido para a esquerda e traidor para os bolsonaristas é um homem como qualqu...
A descoberta do ano

A descoberta do ano

"Desde o primeiro caso de covid-19, boa parte dos políticos viram na epidemia uma belíssima oportunidade para tirar pr...

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Revista Oeste — Edição 37 — 04/12/2020

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês