-Publicidade-

‘Startup’ de brasileiro recebe investimento de R$ 63 milhões nos EUA

A Origin recebeu investimento de R$ 63 milhões para aprimorar seu produto, uma ferramenta de planejamento financeira
João de Paula | Foto: Reprodução/Redes Sociais
João de Paula | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Ao lado do sócio norte-americano Matthew Watson, João de Paula criou empresa que ajuda funcionários a gerir suas finanças

João de Paula | Foto: Reprodução/Redes Sociais

A Origin, startup fundada nos Estados Unidos, acaba de receber um investimento do fundo norte-americano Felicis Venture no valor de US$ 12 milhões, aproximadamente R$ 63 milhões. Sediada em São Francisco, na Califórnia, a empresa foi criada pelo brasileiro João de Paula e pelo norte-americano Matthew Watson. A solução oferecida pelos sócios auxilia no planejamento financeiro das pessoas.

A plataforma dá dicas de como investir e economizar para que os usuários atinjam seus objetivos financeiros, e é oferecida como um benefício corporativo aos trabalhadores das empresas clientes. Como muitas outras startups, o serviço foca a formação de uma base de dados e o perfil de comportamento de seus usuários, que pagam US$ 6 pelo uso da plataforma.

Leia também: “Jeff Bezos é o primeiro empresário a ter mais de US$ 200 bilhões”

A ideia da empresa começou em 2019. Watson trabalhava no grupo Citbank mas estava com dificuldades para organizar a própria vida financeira. Por esse motivo, teve a ideia de lançar um produto que ajudasse pessoas com o mesmo problema. Para auxiliar na empreitada, ele chamou um amigo que conheceu no Vale do Silício, João de Paula. O brasileiro tem formação em direito mas está no ramo de empreendimentos digitais desde 2013.

Apesar de atuar apenas no mercado norte-americano, 24 dos 38 funcionários da Origin estão no Brasil — uma maneira de atrair novos talentos sem a concorrência das empresas de tecnologia do Vale do Silício.

Atualmente, a plataforma lançada pelos dois sócios já conta com 2 mil usuários. Com o novo aporte, eles pretendem ganhar escala, fazendo com que o produto chegue a milhares de pessoas. “Vamos fazer o planejamento financeiro ser algo um pouco mais democrático, um dia de cada vez”, diz De Paula.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês