Novo avança nas articulações por mais liberdade de saque do FGTS - Revista Oeste

Edição da semana

Em 12 ago 2020, 10:30

Novo avança nas articulações por mais liberdade de saque do FGTS

12 ago 2020, 10:30

PL que amplia as possibilidades de saque do FGTS terá urgência votada nesta quinta-feira. Texto pode ser votado na próxima semana

Marcel van Hattem (Novo-RS) quer que possibilitar trabalhadores demitidos sacarem recursos do FGTS, independentemente do saque-aniversário | Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O Novo avançou nas articulações para colocar o Projeto de Lei (PL) 4085/20 em votação o quanto antes. Por interlocução do partido, a Câmara vota nesta quinta-feira, 13, requerimento de urgência para colocar a matéria em apreciação diretamente no Plenário. Aprovada a urgência, o texto será votado na próxima semana.

A proposta extingue o Fundo do Programa de Integração Social e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/Pasep). Além disso, permite ao trabalhador sacar até R$ 1.045, o equivalente a um salário mínimo, do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Em síntese, a proposta retoma a espinha dorsal da Medida Provisória (MP) 946/20, que o governo deliberadamente trabalhou para fazê-la caducar, ou seja, perder o efeito. A diferença é que o texto amplia as possibilidades de resgate de recursos do FGTS para quem optou pela modalidade saque-aniversário e perdeu o emprego durante a pandemia.

Saque-aniversário

Em 2019, o Congresso aprovou e o presidente Jair Bolsonaro sancionou a MP 889, que criou a modalidade de saque-aniversário. A lei permite aos trabalhadores optar por sacar um percentual dos saldos de suas contas do FGTS anualmente, no mês de aniversário, mas impossibilita sacar o saldo total da conta em caso de demissão sem justa causa.

O problema é que, quem optou por essa modalidade e foi demitido durante esse período de pandemia, ficou impossibilitado de resgatar o dinheiro em sua conta do FGTS após a edição da MP 946. Na votação da proposta, o Senado incorporou ao texto emenda que abriu essa exceção durante a vigência da pandemia. E isso está mantido no PL 4085/20.

Liberdade

Relator da MP 946 e autor do PL 4085/20, o deputado federal Marcel van Hattem (Novo-RS) monitora de perto a tramitação da proposta. O parlamentar dialoga com o relator do PL, deputado Marcelo Ramos (PL-AM), para que o parecer seja o mais próximo possível da redação original. De preferência, sem alterações, uma vez que foi pré-articulada com líderes partidários no acordo que viabilizou a MP 946 caducar.

A defesa por um relatório o mais próximo de seu projeto garante nada menos do que concessão de liberdade ao indivíduo a um dinheiro que é seu. “O PL prevê mais acesso às pessoas a um dinheiro que é delas. Durante a pandemia, defendo que os brasileiros tenham liberdade para resgatar um dinheiro que é deles”, sustenta.

O deputado dialoga com líderes e o próprio governo. “Já falei com o [deputado] Vitor Hugo [líder do governo na Câmara] e o [ministro da Economia] Paulo Guedes sobre essa nossa posição de permitir o trabalhador demitido durante a pandemia sacar integralmente seu FGTS, independentemente do saque-aniversário. Aguardo o posicionamento final deles”, afirma.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Supremas safadezas

Como os ministros do Pretório Excelso, o promotor da minha infância se julgava onipresente, onisciente e onipotente

A Suprema Corte e o abuso do poder

Quando juízes se tornam “superlegisladores”, as instituições se fragilizam e a sociedade perde a fé no sistema democrático

David Hume cancelado

Está em curso uma espécie de eugenia intelectual que conta com a simpatia ou covardia de reitores e professores de prestigiadas universidades internacionais

Vacina contra ditadura

Na ONU, Trump fez o que todo mundo com juízo deveria ter feito — e não fez, sabe-se lá por que mistério das escrituras empáticas

O Brasil na hora da verdade

Com o rombo nas contas públicas e o colapso da economia, a pauta das reformas ganha urgência, mas enfrenta as resistências de sempre

E chegamos à era dos ciborgues

Teremos nosso potencial mental multiplicado e nossas ações serão, literalmente, rápidas como o pensamento. O que faremos com esse novo poder?

Os intelectuais e a sociedade

Intelectuais ignoram que há mais sabedoria na população em geral do que num indivíduo qualquer, por mais inteligente que ele seja

Por que há socialistas com mais de 30 anos

Duas razões: todos nós crescemos em famílias, que são pequenas comunidades socialistas; e na economia contemporânea é difícil estabelecer a conexão entre esforço e recompensa

O Ocidente em guerra com seu passado

O que está em jogo não são apenas estátuas e outros símbolos físicos do passado, mas a preservação do espírito que inspirou as conquistas civilizacionais da cultura ocidental

Fracasso governamental

“Os governos fracassaram de modo retumbante na crise do coronavírus. Mas também não há evidências de que o...

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês