O dossiê completo dos gastos do STF - Revista Oeste

Revista

O dossiê completo dos gastos do STF
Os detalhes dos custos do Supremo para o bolso do pagador de impostos
3 jul 2020, 08:44

Em 2019, o Supremo Tribunal Federal custou R$ 698,9 milhões. Foram R$ 58,2 milhões por mês. Ou R$ 1,94 milhão por dia. Ou R$ 80,8 mil por hora. Ou R$ 1.348,18 por minuto. Ou, ainda, inacreditáveis R$ 22,40 por segundo.

Essa exorbitância, bancada pelos pagadores de impostos, resulta da soma dos salários dos ministros, dos ordenados de quase 2.000 funcionários — ativos e inativos —, dos gastos com infraestrutura e dos incontáveis privilégios de que gozam os servidores. Eles incluem passagens aéreas, diárias em hotéis, reembolsos em restaurantes, assistência médica e odontológica, automóveis, motoristas, seguranças e mais. Muito mais.

Por ano, a Corte Suprema gasta o equivalente a quase 670 mil salários mínimos (hoje em R$ 1.045). Com esse valor, também seria possível pagar 8 milhões de bolsas família (R$ 89) ou 1,1 milhão de auxílios emergências – pagamento feito pelo governo federal para tentar minimizar os prejuízos econômicos causados aos trabalhadores pela pandemia de coronavírus.

A folha de pagamento

Cada ministro recebe R$ 39.293,32 por mês, valor que, em tese, determina o teto salarial do funcionalismo público. Advogados cinco-estrelas ganham muito mais que isso, mas o status de ex-integrante da Corte amplia consideravelmente os ganhos no futuro. O gaúcho Paulo Brossard, por exemplo, depois que deixou o STF, chegava a cobrar R$ 1 milhão por um parecer de no máximo dez páginas.

Oito dos 11 contracheques ainda são turbinados com R$ 6.562,81 de um misterioso “abono de permanência”. Apenas Alexandre de Moraes, José Antônio Dias Toffoli e Luiz Edson Fachin (ainda) não recebem o regalo.

Em conjunto, os 1.212 servidores ativos do STF embolsaram, em maio deste ano, R$ 21.197.763,99. O maior salário foi pago a Adriane Callado Henriques, analista judiciária: R$ 40.024,96, somados os auxílios, benefícios e o tal “abono de permanência” — que nesse caso foi de R$ 4.143,54. É com “extras” desse tipo que funcionários públicos conseguem ultrapassar o teto sem descumprir a lei.

Os 584 inativos e pensionistas custaram, também em maio, R$ 12.130.120,54. A aposentadoria de um trabalhador do setor privado não ultrapassa R$ 6.101,06. O analista judiciário aposentado Márzio Ricardo Gonçalves de Moura, contudo, recebeu R$ 52.440,64. Desse total, R$ 25.714,49 aparecem na coluna “indenizações”.

Os quinze ministros aposentados do STF recebem mensalmente o equivalente ao salário integral dos colegas em atividade. Com eles foram gastos R$ 589.399,80 em maio. Quando há reajuste ou aumento salarial, são 26 os contemplados.

A corte

Trabalham diretamente com cada ministro em média 25 assessores. Os salários oscilam entre R$ 3 mil e R$ 18 mil. Há 18 jornalistas (rendimentos entre R$ 5,1 mil e R$ 10,2 mil) e 190 recepcionistas (R$ 2.359,69 cada uma) trabalhando no Pretório Excelso, como diz Celso de Melo. O quadro funcional ainda abrange oito “auxiliares bucais” e três “auxiliares em conservação e restauração”, além de 339 estagiários, que consumiram R$ 4,7 milhões em 2019.

O STF também dispõe de sete encadernadores (pouco mais de R$ 3,3 mil por cabeça). Em plena era da informática, eles lidaram com 4,4 milhões de folhas de papel em 2019. A quantia corresponde a 12.291 por dia, que custaram R$ 113,8 mil.

As lagostas

Em abril do ano passado, foram revelados detalhes de uma licitação para banquetes oferecidos pelo STF. O orçamento anual da proposta vencedora bateu em R$ 481,7 mil. De acordo com o edital, o cardápio deveria incluir, na entrada, queijo de cabra, figos, carpaccio, ceviche e risoto. Pratos principais: medalhão de lagosta, carrê de cordeiro e arroz de pato. Para encerrar: musses e sorvetes.

Segundo o portal G1, os vinhos eram obrigados a apresentar no rótulo uma safra igual ou posterior a 2010 “com pelo menos quatro premiações internacionais”. No caso dos espumantes, “escolha-se brut, também com ao menos quatro premiações internacionais e amadurecidos, em contato com leveduras, por período mínimo de 12 meses”. Para esses e outros eventos, o Supremo tem 15 cerimonialistas. O salário de cada um: R$ 3.742,02.

Pelo ar e por terra

Com passagens aéreas, o time de ministros gastou R$ 313,1 mil em 2019. O valor ultrapassa R$ 2 milhões quando se acrescentam as milhas percorridas pelos demais servidores.

Para cuidar dos 84 veículos do Supremo, foram desembolsados R$ 5,2 milhões em manutenção, combustível e limpeza, entre outros serviços. A frota inclui dez vans, um caminhão de carga Volkswagen e 12 sedãs Azera.

Entre março e maio deste ano, como revelou Oeste, o STF gastou mais de R$ 800 mil com os carros da Corte — em plena epidemia de coronavírus, com a frota, em teoria, estacionada. Só com combustível foram R$ 58.396,70. Outros R$ 26.042,65 entraram na rubrica peças e R$ 18.157,45 na lavagem dos veículos. Oficialmente, os ministros estão em casa, trabalhando a distância, participando dos julgamentos de modo virtual.

Outros gastos em 2020

De janeiro a junho de 2020, a Corte gastou R$ 388.758,00 com uma empresa responsável por dar “apoio administrativo na área de cerimonial”, R$ 1.229.156,00 com outra que presta serviços de copeiragem e R$ 55.105,00 com a aquisição de sofás e poltronas. O projeto do Museu do Supremo Tribunal Federal levou R$ 1.113.273,00 e os serviços médicos e odontológicos consumiram R$ 5.711.317,00. A segurança “pessoal privada armada” custou até agora R$ 4,1 milhões em Brasília, R$ 278,3 mil em São Paulo e R$ 155,4 mil no Paraná.

Num ano em que os brasileiros comuns lutam para manter o emprego, resistir a reduções de salário e sobreviver à catástrofe econômica decorrente da pandemia de coronavírus, o Supremo Tribunal Federal custará aos pagadores de impostos R$ 689 milhões. Serão R$ 57,4 milhões por mês. Ou R$ 1,91 milhão por dia. Ou R$ 79,7 mil por hora. Ou R$ 1.329,08 por minuto. Ou, ainda, inacreditáveis R$ 22,10 a cada segundo.

Veja uma minibio de cada ministro

 

Leia mais sobre as despesas do Judiciário na reportagem “O Judiciário contra a retomada econômica”

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

56 Comentários

  1. O que dizer sobre todo este absurdo chamado STF e seu corpo funcional. Uma desprezível e absoluta falta de vergonha!

    Responder
    • Não consegui chegar ao final da leitura. É um tapa na cara do brasileiro que recebe R$ 1.045,00 de aposentadoria.

      Responder
    • Temos que ajudar esclarecer as pessoas com pouca instrução,a raciocinarem com mais frieza ao analisarem o seu candidato a começar pelo ( vereador ),
      desconsiderar o fato de o mesmo ser o cara na comunidade,aquele que proporciona os festejos ( Carnaval,Futebol com churrasco,roda de samba,fank com cachaça e cerveja, e valorizar e acompanhar os estudos dos filhos e as companhias,amigos isto da trabalho verdade mas é a unica forma de se construir um Pais, melhor para eles,e como sugestão maior precaver-se ao pensar em constituir familia,com responsabilidade gerar filhos para serem cidadães e não auxilio ( BOLSA FAMILIA ).

      Responder
    • A indignação não me deixa.comentar pois se eu for comentar vcs vão ter que apagar u que eu escrever mais eu perguntar uma coisa A que o presidente da República não pode destituir o stf inteiro e colocar limite de gastos e de idade pra estar no stf .

      Responder
    • O poder confere inúmeros privilégios, raramente um par de mãos limpas ( Cícero)

      Responder
  2. PRIMEIRO, PARABÉNS PELA REPORTAGEM. NAO EXISTE PESSOAS DECENTES ENTRE DEPUTADOS/SENADORES, JUIZES E DEMAIS AUTORIDADES PARA SE PRONUNCIAR SOBRE ESSSE ESCANDALO ?, SAO TODOS CONIVENTES? POIS NO MINIMO É QUE OCORRE COM S.T.F. NAO CONSTA QUE PARA SER MINISTRO DO SUPREMO TENHA NO MINIMO REPUTAÇÃO ILIBADA? OU FOI BANIDO? DEPOIS CULPAM PRESIDENTE SOBRE TODAS AS MAZELAS EXISTENTES. ATÉ QUANDO FICAREMOS A MERCE ?.

    Responder
    • Obrigado pela leitura, Francisco. Forte abraço

      Responder
  3. Isso tudo que acabei de ler é uma vergonha, dá náuseas e pior ,não podemos fazer nada para acabar com este abuso de poder !!!!

    Parabéns pela Revista Oeste em expor esta reportagem !!!!

    Responder
    • Tribunal asqueroso! Pelo fim da ditadura da toga, fim da judicialização de tudo, que só atrasa o país, beneficia bandidos e corruptos e um punhado de advogados. Pela reforma urgente da obsoleta constituição de 1988, ultrapassada como os togados atuais. Pelo impeachment de todos eles! Enquanto isso, o corporativista e futuro candidato Moro em sua coluna naquela revistinha virtual decadente não sai da sua zona de conforto ao apenas criticar o governo do qual fez parte e abandonou.

      Responder
  4. A matéria é uma exposição de gastos curiosos da excelsa… bem didático até. Reflete um estado disfuncional e sem controles efetivos.
    Sobre as minibio, uma correção e uma glosa: rosinha weber é ex ministra do tribunal superior do trabalho – tst, e não do trabalho; sobre o luis roberto barroso há uma omissão constante na sua bio, destaco: ele era, também, procurador do estado do RJ (uma espécie de advogado do estado do RJ), mas um daqueles procuradores admitidos antes de 1988, ou seja, que eram advogados do estado e advogador privados ao mesmo tempo, vulgarmente conhecidos como anfíbios. Parece que não tergiversava, parece…

    Responder
  5. O celso de melo ficou estarrecido, disse ele, quando ouviu a gravação da reunião chefiada pelo Bolsonaro. Gostaria de saber o que dirá o Bolsonaro quando souber dessa reportagem. Acho que ele, também, vai ficar estarrecido quando souber do cardápio dos togados corruptos do STF. Nao precisaria gastar tanta guloseima para soltar tantos bandidos tão facilmente…

    Responder
  6. O mais bizarro do Pretório Excelso são os AUXILIARES BUCAIS e os AUXILIARES EM CONSERVAÇÃO E RESTAURAÇÃO. Se fosse vivo, Chico Anísio iria massacrá-los.
    E na Idade Média, algum serviçal colocaria gotas de cianureto na lagosta, no cordeiro e no pato. Em 2020, NÓS somos os PATOS morrendo de coronavírus.
    PARABÉNS AOS TRÊS

    Responder
  7. Parabéns; a melhor reportagem que li até hoje sobre as vísceras podres (pra nós financiadores desse descalabro) do STF. Mesmo já ciente de toda essa sujeira inominável, após a leitura desse artigo, me sinto (acho que todos nós meros financiadores dessa gastança), humilhado, insultado, impotente, etc.
    Impressionante de tudo isso, é sabermos que estamos de mãos atadas sem poder fazer nada (o máximo é ir nas ruas, protestar, gritar, espernear, xingar, blá,blá,blá.. Tudo isso, culpa do corporativismo dessa corja nefasta dos poderes legislativo, executivo e judiciário desde o início da república; foram criando leis em benefício próprio ao longo de todos esses anos e deu nisso; o maior beneficiário está aí exposto, esse elefante branco chamado STF. Finalizando, é frustante vc.estudar, trabalhar feito louco; no final vc. ver o seu suado dinheirinho sendo canalizado, grande parte dele para custear o estado e enriquecer esses sugadores malditos e corruptos, que fazem essa “farra descarada” e ainda zomba de todos nós. Só Deus na causa…affffeee…

    Responder
    • Mais um vez, exalto aqui minha admiração pela matéria; atitude extremamente corajosa e independente dessa brilhante equipe da Revista Oeste. O assustador é sabermos que haverá represália do STF, tenho quase certeza que isso acontecerá; eles se tornaram o primeiro poder há algum tempo. Tanto que censuraram a Revista Crusoé; detalhe: que afinou; ficaram com medo e hoje se alinharam com eles, inclusive, se tornaram até defensora desses crápulas; temos jornalista preso (sem acesso aos autos do processo pra exercer o direito de defesa), resumindo, temos efetivamente uma ditadura de toga em plena atividade. Como já dito pelo Augusto Nunes: o Alexandre de Morais se tornou o xerife; solta e manda prender quem ele quiser; junto com os outros DEZ DEUSES DO OLIMPO (através de decisões monocráticas) tomaram conta do país. Acredito que não será surpresa pra ninguém, se ocorrer uma visita matutina da POLÍCIA DO ALEXANDRE na porta dos diretores da Oeste. Se isso acontecer, espero que vcs. não se intimidem e continuem; acredito que só assim poderemos enfrentá-los. VCS.juntos conosco (o povo) é nossa única esperança de intimida-los.
      Força brasileiros!

      Responder
  8. Moro quer porque quer ir pra lá……..

    Responder
  9. Um Tribunal como esse, de gastos e costumes nababescos e aristocráticos, quer deitar moral e ética à nação??? Onde o exemplo? Sem falar na sequência de julgados lamentáveis, contraditórios, incoerentes. Esses ministros têm de ser chamados ao lugar deles, pensam que estão no olimpo, distorcendo a Constituição a todo tempo. Perderam o respeito. A pior composição de todos os tempos do STF. Vão ficar na história, sim, mas pela pífia atuação, em detrimento da cidadania.

    Responder
  10. Quanto dinheiro mal gasto….um verdadeiro desperdício de dinheiro para uma instituição que trabalha contra o país e contra o povo brasileiro.

    Responder
  11. Revoltante! Repugnante! Mais grave ainda é esse abuso num país com milhões de pobres. O Senado deveria intervir nesse assalto aos cofres públicos, mudando as leis que protegem o STF

    Responder
  12. É nojento! Ministros incapazes e apadrinhados. Uma vergonha! Cuidado Revista Oeste, tô achando que vcs serão censurados na 2a.feira…

    Responder
  13. #STFVergonhaNacional-Internacional-Universal

    Responder
  14. ESTEJAM PREPARADOS, O STF VAI CRIAR BRONCA.

    Responder
  15. Vocês poderiam deixar esta reportagem com acesso público para que possamos compartilhar nas mídias sociais. Os brasileiros precisam ter acesso e conhecer como nossos impostos estão sendo utilizados na manutenção de tantos privilégios!

    Responder
    • Acredito que a maioria dos brasileiros não tenham idéia do que pagamos para manter essa corte. Gostaria de saber como é em outros paises, porque estou estarrecida com todos esses desmandos. A quem compete frear esse horror de gastos. Grato pela reportagem, precisamos saber porque vivemos num Pais tão desigual.

      Responder
  16. Por favor , me deixem compartilhar para todo mundo ! O tal do Pretório Excelso é uma circo onde todos os brasileiros pagadores de impostos se revesam no preenchimento da vaga de palhaço!! REVOLTANTE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Responder
    • Você pode compartilhar. Observe no início dos comentários que tem os símbolos das redes sociais. Basta clicar que vai direto para a rede escolhida.

      Responder
  17. Muito boa matéria. Pediria aos seus autores que fizessem um trabalho semelhante com as IMORAIS e algumas ILEGAIS indenizações milionárias da famosa BOLSA DITADURA. O grande jornalista Augusto Nunes conhece bem esse assunto. Vão surpreender os leitores e a sociedade com o cheiro de FRAUDE nas indenizações concedidas, vitalicias, que não incide i.renda e são transmissíveis a sucessores. Não vejo interesse nos institutos TRANSPARÊNCIA BRASIL e INTERNACIONAL em denunciar esta falcatrua. Creio que há indenizações devidas e que são de pequeno valor, mas indenizar jornalistas, escritores, advogados, acadêmicos com valores superiores ao teto do STF, é espantoso. Esse trabalho jornalistico, deveria listar as indenizações mensais e retroativas recebidas por anistiados de valor superior ao teto do INSS, dando nomes, motivos, base de cálculo, e outras informações esclarecedoras para a sociedade, bem como oferecer ao MPF que outrora (2005) as questionou e nada mais fez, para possível revisão judicial e se fosse constatada FRAUDE, com as devidas punições cabíveis. Seria uma grande ajuda a ministra Damares que sofre enorme cerco desses apaniguados. Esse assunto estava sob domínio do Ministério da Justiça e atualmente com o de DIREITOS HUMANOS. Consultem,
    http://www.conjur.com.br/2005-mar-09/mpf_investigacao_indenizacoes_milionarias

    Responder
    • Obrigado pela sugestão, Antonio. Forte abraço

      Responder
  18. Deveriam mudar o nome para Supremo Tribunal de Versalhes, Com tanto luxo e dinheiro suado do povo sendo desperdiçado por seres desprezíveis e despreparados para os cargos que ocupam.

    Responder
  19. Essa reportagem eu preciso arquivar.
    Todo cidadão deveria saber esses dados de memória.
    E tudo isso para rasgar a Constituição Federal, que deveriam defender.

    Responder
  20. Por esses maus exemplos muita gente tenta generalizar e colocar os coitados dos funcionários públicos que trabalham incansavelmente são colocados no mesmo tacho. A pauta de reivindicações democráticas (que é enorme) é desprezada e jogada no lixo pelo STF. Eles falam em movimento antidemocráticos, mas aqueles que são democráticos são desprezados.

    Responder
  21. Atenção, Revista Oeste! Cuidado agora! Toda essa justíssima indignação vai ter um preço. Não se fala a verdade,impunemente, neste país. Imaginem as mentes escrotas de um Alexandre de Moraes e Gilmar Mendes, as nojentas Rosa Weber e Cármen Lúcia, os cínicos e hipócritas Celso de Mello e Dias Toffoli, girando a todo vapor, articulando para calar as vozes da racionalidade, da sensatez, da vergonha, da honestidade. Agora terão o apoio do congresso venal e corrupto com as leis em votação nas duas casas. Qual a saída? Vamos pra rua. Vamos colocar Hum Milhão de pessoas na Esplanada dos Ministérios em Brasília. Marquem o dia. Estaremos todos lá, representando o povo brasileiro. É a única saída.

    Responder
  22. É uma verdadeira corte monárquica. Esse pessoal se acha pertencente a alguma tipo de aristocracia!( não sei qual!!!) No momento em que estamos vivendo, esse relato é um verdadeiro acinte à aqueles que trabalham e ralam para conseguir ao menos sobreviver. Será que eles “estudaram” as causas da revolução Francesa? Cumprimento a revista Oeste pela excelência da publicação. O Brasil sério precisa saber disso!!!

    Responder
  23. Eterna vergonha nacional.

    Responder
  24. Imoral uma coisa dessas. Deviam ter vergonha na cara.

    Responder
    • O Paulo Guedes o que temos q fazer…o Jair não vai fazer nada.

      Responder
  25. É de dar engulhos. E ainda a turma hipocrita fala em desigualdade social.

    Responder
  26. É de lascar!

    Responder
  27. Não sou contra mordomias. Mas devem ser adequadas e oportunas. O excesso, ainda mais no momento que vivemos, serve, ao mesmo tempo, como mau exemplo e, infelizmente, como desprestígio aos ministros (Ressalvo que não sou contra a instituição, mas quanto ao que está havendo).

    Responder
    • Paulo, saia detrás da moita. Você está com medo dessa corja? De qual “instituição” você está falando? Aí não tem nenhuma. Nada mais é que uma pocilga.

      Responder
  28. Excelente trabalho! No entanto, preparem-se a Oeste e, principalmente, os três jornalistas para serem acordados qualquer dia desses às seis da manhã pela Polícia Federal, a mando do Alexandre de Moraes, sob a acusação de propagarem fake news contra o STF. Aceitar a verdade não é o forte desse pessoal de lá. São fatos, são informações públicas, mas não para serem divulgados dessa forma. Nos termos do inquérito instalado a mando do Tofolli, a matéria constitui um “atentado” contra a instituição e suas excelências. Se cuidem!

    Responder
  29. Parabéns pela matéria e pela coragem de expor a todos os leitores da Oeste essa aberração chamada STF.

    Responder
    • Gratíssimo, Anselmo. A força que nossos leitores nos dá é combustível para o nosso trabalho. Abração

      Responder
  30. Escárnio. Simples assim

    Responder
  31. O STF é o escritório de advocacia do Foro de São Paulo, seu atual presidente Dias Toffoli foi nomeado por uma presidente terrorista de movimento guerrilheiro que atuava contra o Governo Militar. Lula seu chefe de fato é fundador do Foro junto com Fidel Castro.

    Responder
  32. Cada vez mais sinto que a assinatura da revista Oeste foi válida e recompensadora. Continuem assim com este brilhante time de jornalistas e colunistas!

    Responder
  33. Isso sim é jornalismo investigativo de qualidade. Informação precisa e transparente sem ranço ideológico por mais revoltante que seja. Obrigado, cancelei todas as demais assinaturas.

    Responder
  34. Se pelo menos oferecesse um serviço de qualidade, com rapidez…

    Bom, se alguém reclamar que não foi bem recebido pelo STF, o Tribunal terá que contratar mais recepcionistas. As 190 recepcionistas atuais não foram suficientes. O PR deve indicar ministros para o STF que interpretem a Constituição Federal como ela é, não como eles gostariam que ela fosse; que tenham real interesse em acabar com esses privilégios, em diminuir o peso do Estado na nossa conta. Esse pessoal que vive na mordomia, é muito unido e vai brigar para continuar na mordomia. A voz da grande maioria deve prevalecer.
    Sugestão: façam uma matéria semelhante com o Congresso.

    Responder
  35. No resumo de Lewandowski faltou um fato importante: votou por absolver TODOS os acusados no processo do Mensalão. Foi o único. Até Toffoli acabou condenando um deles. Outro ponto importante seria colocar no texto que qualquer um deles poderia se aposentar quando tiver completado os requisitos da Lei, entretanto raramente o fazem, como fez, Joaquim Barboza. Quase todos ficam até o dia limite de aposentadoria obrigatória.

    Responder
  36. Comentar o quê, após inúmeras ânsias de vômito, sem chegar ao fim da leitura? Nada! Esse essetêefe é a latrina mais fétida e nojenta do País. O meu consolo é que, 24 horas depois de bater a caçuleta, seus membros estarão fedendo tão, ou pior, que o mais simples dos mortais. Que asco sinto dessa corte!

    Responder
    • Sem comentários… Vou ao vaso sanitário vomitar.

      Responder
  37. Parabéns pela reportagem. Eu até acompanhava a prestação de contas do STF, e dava muita risada com os gastos absurdos, como por exemplo com a empresa EUREXPRESS TRAVEL VIAGENS E TURISMO LTDA- Contrato nº 00622004- PA- 320973 inicio 05/11/2004- end- SCS Q- Q 01 Bloco K 11º andar -Brasilia, com gastos exorbitantes, porem fui muito inocente e comecei a postar comentarios no site da CGU e aí excluiram todos os lançamentos dessa empresa.

    Responder
    • Obrigado pela leitura e pelo comentário, Pedro. Abração

      Responder
  38. Cambada de SAFADOS CORRUPTOS E LADRÕES de toga !

    Responder
  39. Primeiramente PARABÉNS pela matéria, pela exposição, pelo conteúdo…
    Já foi dito aqui, mas, preciso reforçar, é a melhor reportagem que já vi. Descortinando toda a ostentação, a riqueza para sustentar esses senhores.
    É um absurdo que na atual situação do país, esse grupo desperdiçam tanto…
    Sim, desperdício, pois, essa “suprema corte” produz, MUITO POUCO, mas, MUITO POUCO para ter um custo tão ALTO!!!
    Quando conseguiremos acabar com isso???

    Responder
    • Fico feliz ao saber disso, Vagner. Grato pela força, amigo. Continue conosco. Abração

      Responder
  40. Um atentado a algum desses folgados talvez os faria pensar em ajudar o pais,mas acho que não,esse tipo de gente nem coração tem…

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OESTE NOTÍCIAS