MST divulga arte que compara Romeu Zema a Hitler - Revista Oeste

Edição da semana

Em 12 ago 2020, 14:56

‘Ódio do bem’: MST divulga arte que compara Romeu Zema a Hitler

12 ago 2020, 14:56

Movimento dissemina conteúdo contra o governador de Minas Gerais

romeu zema - governador - minas gerais - mst - hitler

Romeu Zema é o governador de Minas Gerais, mas para movimento da esquerda ele representa o fascismo e Hitler | Foto: DIVULGAÇÃO

Grupo que já recebeu elogios públicos de figuras da esquerda, como por exemplo o ex-presidente Lula e o cantor Chico Buarque, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) acaba de disseminar discurso de ódio contra o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo). Nesse sentido, tentam associar o político mineiro ao fascismo e ao alemão Adolf Hitler.

Leia mais: “Jornalista da ‘Folha’ defende prisão de Bolsonaro”

Isso porque o MST divulgou por meio de retuíte arte publicada originalmente por outra iniciativa ligada à esquerda brasileira, o autointitulado Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB). A arte mostra Zema com o bigode característico de Hitler e com a suástica, símbolo do nazismo alemão, estampada na manga de sua camisa. Acusa-se ainda o governador de Minas Gerais de promover o “fascismo novo”.

Por fim, os responsáveis pela arte revelam o motivo da disseminação de mensagem de ódio. É porque nesta quarta-feira, 12, a Polícia Militar mineira cumpre ordem judicial de reintegração de posse em terreno invadido pelo MST em Campo do Meio, município do sul de Minas Gerais.

zema - mst - hitler

Movimentos da esquerda culpam Zema por decisão vinda do Poder Judiciário | Foto: REPRODUÇÃO/TWITTER

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

7 Comentários

  1. As cúpulas do MAB, MST e pelegada do topo de suas organizações vivem do fausto de verbas que não precisam ter prestação de contas. Não são exemplos de democracia, são fascistas onde a cúpula pode tudo, ficam ricos, e comandados servem de bucha de canhão em invasões e depredações criminosas.

    Responder
  2. Pelo menos estamos combatendo essas mazelas que a esquerda nutriu contra a sociedade brasileira.

    Responder
  3. Fascismo: Acuse-o do que você é antes que outros façam isto.

    Responder
  4. Usam a mesma tática que usam contra Bolsonaro e tem gente que cai neste engodo

    Responder
  5. ZEMA ñ precisa nem se preocupar em responder. Uma vergonha este PAÍS de MST, de OAB, de STF . Ô POVO ordeiro e trabalhador ñ aceita mais essa vagabundagem. Respeito com o nosso HONESTO governador é o mínimo q se exige após Pimentel surrupiar o último tostão de dentro até da justiça. Porcos.

    Responder
    • Trabalhar, ninguém quer! Boquinha é tudo.

      Responder
  6. A esquerda é sempre uma piada. Acusa os outros do que fazem.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Supremas safadezas

Como os ministros do Pretório Excelso, o promotor da minha infância se julgava onipresente, onisciente e onipotente

A Suprema Corte e o abuso do poder

Quando juízes se tornam “superlegisladores”, as instituições se fragilizam e a sociedade perde a fé no sistema democrático

David Hume cancelado

Está em curso uma espécie de eugenia intelectual que conta com a simpatia ou covardia de reitores e professores de prestigiadas universidades internacionais

Vacina contra ditadura

Na ONU, Trump fez o que todo mundo com juízo deveria ter feito — e não fez, sabe-se lá por que mistério das escrituras empáticas

Alerta: pesquisas à vista!

Por que as sondagens eleitorais erram tanto, como isso distorce o processo democrático e o que se pode fazer

E chegamos à era dos ciborgues

Teremos nosso potencial mental multiplicado e nossas ações serão, literalmente, rápidas como o pensamento. O que faremos com esse novo poder?

Os intelectuais e a sociedade

Intelectuais ignoram que há mais sabedoria na população em geral do que num indivíduo qualquer, por mais inteligente que ele seja

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma guerra civil nos EUA?

A mídia recusa-se a noticiar o que é evidente aos olhos de seus espectadores, e intelectuais argumentam que “saques e protestos violentos são vivenciados como eventos alegres e libertadores”

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Revista Oeste — Edição 27 — 25/09/2020

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês