-Publicidade-

Prefeitos do ABC decidem só reabrir restaurantes e bares em 6 de julho

Apesar de terem permissão para a retomada desses estabelecimentos, prefeitos de sete municípios do Grande ABC optaram por seguir a data proposta por Bruno Covas
Prefeitos do Consórcio Grande ABC decidiram adiar reabertura de bares e restaurantes na região | Foto: Divulgação/Consórcio Grande ABC
Prefeitos do Consórcio Grande ABC decidiram adiar reabertura de bares e restaurantes na região | Foto: Divulgação/Consórcio Grande ABC | abc, reabertura econômica, bares, restaurantes, consórcio grande abc, prefeitos, adiamento, abrasel

Apesar de terem permissão para a retomada desses estabelecimentos, prefeitos de sete municípios do Grande ABC optaram por seguir a data proposta por Bruno Covas

abc, reabertura econômica, bares, restaurantes, consórcio grande abc, prefeitos, adiamento, abrasel
Prefeitos do Consórcio Grande ABC decidiram adiar reabertura de bares e restaurantes na região | Foto: Divulgação/Consórcio Grande ABC

Na contramão do que têm feito boa parte dos prefeitos, que lutam para conseguir permissão para a reabertura de estabelecimentos comerciais, os chefes do Executivo municipal de sete cidades do ABC paulista resolveram só permitir o funcionamento de bares e restaurantes em 6 de julho.

A autorização estadual para a retomada das atividades foi dada nesta sexta-feira, quando o governador João Doria progrediu Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra para a fase amarela do Plano São Paulo.

A decisão do chamado Consórcio Intermunicipal do Grande ABC veio depois de uma reunião virtual com o gestor paulistano, Bruno Covas.

“Estamos muito felizes com nosso avanço saindo da faixa laranja para a amarela. Isso se deve ao trabalho árduo dos sete prefeitos da região pela ampliação do numero de leitos de baixa complexidade e o número de leitos de UTI”, justificou Gabriel Maranhão, presidente do consórcio e prefeito de Rio Grande da Serra. “Iremos seguir a Capital pela reabertura dos serviços, mas vale ressaltar para a população que ficar em casa ainda é a melhor saída e, se sair de casa, use máscara e álcool em gel”.

O grupo também constatou que, devido à proximidade com a capital, o ideal é seguir os mesmos parâmetros para a reabertura, com avaliações de protocolos até 3 de julho.

Corrida contra o tempo

Com a finalidade de acelerar o processo, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes já havia enviado às autoridades um documento com protocolos a serem seguidos para a reabertura.

A associação estima que, por causa do confinamento social, 40% do setor não tenha conseguido manter as portas abertas. Por isso a necessidade de uma definição rápida de retomada.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 comentários

  1. Palpite……vai chegar dia 06/07 ninguém vai conseguir abrir nada. E mais empregos e empresas vão fechar. Lamentável

  2. O prefeito de São Caetano teve seu mandato cassado pelo TRE, mas continua no cargo, que marmelada, também com esposa do Alexandre de Moraes em sua defesa, há explicação.. Muito embora seja um ficha suja, corremos o risco de se reeleger, se depender de mim, vai para o lugar aonde deveria estar a muito tempo.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês