-Publicidade-

Bia Kicis defende Escola sem Partido: ‘Precisamos combater a doutrinação’

Deputada também disse que é muito importante "barrar leis esdrúxulas"

Deputada também disse que é muito importante “barrar leis esdrúxulas”

Bia Kicis
Deputada Bia Kicis (PSL-DF) | Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

A deputada Bia Kicis (PSL-DF), uma das autoras do projeto Escola sem Partido, diz que o tema deixou de ser discutido por causa da pandemia, mas deve retomar junto com a volta das comissões no Congresso Nacional.

“A gente precisa combater a doutrinação na sala de aula. Isso não é brincadeira, o marxismo cultural é o combustível da esquerda”, afirma.

Segundo a deputada, a ideia do projeto é basicamente informar aos alunos o direito de não serem perseguidos por um professor porque têm uma visão diferente.

LEIA MAIS: Bia Kicis condena ativismo judicial e progressismo no STF

“Em uma dissertação, se o aluno discorda que o MST é um movimento que luta pela liberdade e diz que é uma organização criminosa, o professor, por conta disso, não pode dar zero para ele e persegui-lo”, defende a deputada em entrevista a Oeste.

O projeto prevê a fixação de cartazes em sala de aula para esclarecer os deveres do professor.

“O professor tem que ensinar os dois lados da moeda. Ele pode até dizer ‘Eu sou socialista’. O projeto não impede isso. A ideia é instigar o debate de ideias, a diversidade. A esquerda diz queremos censurar o professor, mas ela é que quer calar qualquer voz dissidente”, finaliza.

Propostas

Bia Kicis afirma que não apresentou muitos projetos pois acredita não ser necessário aprovar mais leis: “precisamos é revogar leis que prejudicam as pessoas”.

A deputada participa da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados (CCJ). “É muito importante a gente barrar leis esdrúxulas e isso, graças a Deus, na CCJ conseguimos fazer bastante”.

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 comentários

  1. https://www.jornaldacidadeonline.com.br/noticias/24371/argentina-maior-lockdown-do-mundo-e-pobreza-perto-de-45

    É Argentinos sado-masos peronistas. Não terão escolha senão tirar esse cara na bala! Fugir pra espalhar a merdha que fizeram no seu país não será opção! Será demonstração de COVARDIA E INDOLÊNCIA! FIQUEM E LUTEM! José de San Martin deve estar se revirando no túmulo essa hora ao ver o país que ele ajudou a ser independente se transformar na merdha que virou!

    1. Significados de INDOLÊNCIA : Insensibilidade, apatia grosseria desatenção relaxo apatia ataraxia desânimo frieza imoralidade inatividade indiferença indolência inércia insensibilidade letargia letargo marasmo modorra apático desleixado indiferente insensível letárgico modorrento passivo preguiça desídia desleixo imperícia incúria negligência ociosidade desmazelo desalinho desaso desmazelamento ignávia imprevisão relaxamento frialdade algidez.

  2. O MEC se tornou a Galinha dos Ovos de Ouro do comunismo, atualmente conhecido como socialismo, progressismo, Nova Ordem Mundial, e algumas outras denominações.

    A ideia de se utilizarem das escolas e da imprensa para a revolução cultural que permita a assunção do comunismo, e não mais uma luta armada para impor a ditadura do proletário, veio de Antônio Gramsci, jornalista comunista italiano, e muito bem seguida e orquestrada por Paulo Freire, outro alienado desajustado comunista de nossas terras.

    Ou seja, após:
    1. O retorno dos terroristas por nós exilados permitidos pela Lei da Anistia;
    2. Os governos socialistas/comunistas de FHC para cá; e,
    3. A implementação dessa covardia nas Academias e cursos da área de humanas.

    Produzimos, formamos e incentivamos a idiotização de nossos jovens adolescentes em adultos infantilizados, que se tornaram e se tornam a massa de manobras necessárias para as manipulações por parte dos marginais comunistas menos limitados e mais amorais.

    Portanto, o MEC, a Galinha de Ovos de Ouro deles, é onde se encontra o Ovo da Serpente aqui e na maioria dos países, inclusive no próprio EUA.

    Motivo óbvio por tentarem destruir todo e qualquer cidadão que tem a intenção de tornar o MEC uma instituição de propagação de instrução ao brasileiro, ao invés de “educador” da ideologia marxista; essa que é cruel e fatal para toda e qualquer sociedade quando com sucesso implantada.

  3. Tento comentar, sem agressões, expressões inapropriadas, sequer fazendo menção ao jornal ou a qualquer leitor, mas a Revista Oeste censura indevidamente meu comentário.
    É lamentável porque não tenho a mínima vocação para me submeter à censura principalmente do que não existe e por conta da implementação de algum algoritmo ineficiente.
    Sendo assim, peço que revejam o que estão plantando como sua própria propaganda!

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês