-Publicidade-

Coronavírus: com ‘lockdown’, Portugal é o país que mais registrou mortes por milhão de habitantes em janeiro

Médica brasileira revela que a maioria de seus pacientes cumpriam as medidas de isolamento
O primeiro-ministro de Portugal, António Costa
O primeiro-ministro de Portugal, António Costa | Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

No mundo, até o momento, Portugal é o país que registrou mais mortes de pacientes com o coronavírus por milhão de habitantes em janeiro. São 439 mortos a cada milhão apenas neste mês. Sem adotar as medidas extremas de isolamento do governo português, a Suécia teve 176 mortes na mesma faixa populacional.

Leia também: “O fracasso do ‘lockdown’”, reportagem na Edição 45 da Revista Oeste

Em entrevista à rádio França Internacional, a médica brasileira Nair do Amaral, que trabalha na linha de frente contra a covid-19 em Lisboa, capital portuguesa, contou que a maioria de seus pacientes são idosos que estavam seguindo as medidas de isolamento.

“O que eu vejo ao meu redor não são pessoas de mau comportamento, pessoas que não cumprem as medidas de prevenção”, afirmou. “O que nós vemos são pessoas de meia-idade e idosos mais frágeis, pessoas de idades muito avançadas – nonagenários, centenários e octagenários –, em sua massiva maioria com comorbidades. Existem alguns de meia-idade, entre 50 e 70 anos, mas são a minoria. Não tenho na minha vivência, e compartilho isso com colegas, pessoas que não cumpriram as medidas. Muitos estavam isolados, quietos em casa”.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês