-Publicidade-

Coronavírus: Argentina foi o país com mais mortes por milhão em outubro

O Brasil ficou na 23ª posição nesse ranking
A vice-presidente da Argentina também carrega nas costas uma penca de processos | Foto: Divulgação/Flickr
A vice-presidente da Argentina também carrega nas costas uma penca de processos | Foto: Divulgação/Flickr | A vice-presidente da Argentina também carrega nas costas uma penca de processos | Foto: Divulgação/Flickr

O Brasil ficou na 23ª posição neste ranking

cristina kirchner
Cristina Kirchner, vice presidente da Argentina | Foto: Divulgação/Flickr

Os dados da Organização Mundial da Saúde apontam que a Argentina foi o país com mais mortes com o coronavírus por milhão de habitantes em todo o planeta durante o mês de outubro — foram 317 vítimas por 1 milhão. No Brasil, o número ficou cerca de quatro vezes menor: 79. Por esse motivo, nosso país marcou a 23ª posição neste ranking e a 16ª quando a comparação é feita entre as nações com população superior a um milhão.

A transmissão do vírus chinês na Argentina também esteve entre as maiores do mundo. A cada milhão de argentinos, 9.307 se contaminaram em outubro. O número deixou o país no 15º lugar na lista global e no 8º entre países com mais de um milhão de habitantes. Já o Brasil ficou com a 60ª e 38ª posições, respectivamente.

A análise realizada por Oeste usou como base exclusivamente os dados oficiais da ONU do mês de outubro. Quando a contagem é feita com todos os casos registrados desde que a pandemia surgiu, a Argentina está em 12º lugar no ranking de mortes por milhão de habitantes e em 21º no número total de casos acumulados.

Leia também: “Covid-19: Argentina supera o Brasil em mortes por milhão de habitantes”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês