-Publicidade-

Coronavírus: o Estado de São Paulo continua pior do que o Brasil

Entre os paulistas, são 1.185 mortes por milhão de habitantes. No resto do Brasil, são 1.025 mortos para essa mesma faixa populacional
O governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB) | Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo
O governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB) | Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo
secretário licenciado
O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) | Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

O Estado de São Paulo tem mais mortes de pacientes com o coronavírus por milhão de habitantes do que o resto do Brasil. Caso os paulistas formassem um país independente, seriam 1.185 mortes para cada milhão. No Brasil, o número cairia dos atuais 1.059 para 1.025 — e a quantidade total de vítimas seria cerca de 172 mil, bem abaixo das 225 mil.

Em um ranking com países com mais de 1 milhão de habitantes, São Paulo apareceria na 17ª posição — colocação melhor que a de 22 de janeiro, quando o país fictício estaria na 14ª posição.

O levantamento feito por Oeste levou em consideração dados apresentados pelo governo do Estado de São Paulo (Fundação Seade) para os números paulistas, pelo governo federal (Ministério da Saúde e IBGE) e, para os demais países, pela Organização das Nações Unidas e pela Organização Mundial da Saúde.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês