-Publicidade-

Coronavírus: Paris obriga uso de máscaras ao ar livre

Desde 21 de julho, a França tornou obrigatório o uso de máscaras em espaços públicos fechados, como lojas e bancos
Torre Eiffel, símbolo de Paris, França | Foto: Pixabay
Torre Eiffel, símbolo de Paris, França | Foto: Pixabay

Desde 21 de julho, a França tornou obrigatório o uso de máscaras em espaços públicos fechados, como lojas e bancos

Torre Eiffel
Torre Eiffel, símbolo de Paris, França | Foto: Pixabay

A partir desta segunda-feira, 10, será obrigatório o uso de máscaras ao ar livre em regiões movimentadas de Paris, na França.

A determinação foi anunciada pelas autoridades francesas neste sábado, 8, em reação ao aumento de casos de coronavírus. A regra se aplica a pessoas com 11 anos ou mais.

“Todos os indicadores mostram que, desde meados de julho, o vírus voltou a circular mais ativamente”, disse a prefeitura em comunicado.

As regiões onde as máscaras serão obrigatórias serão detalhadas separadamente e avaliadas regularmente. Serão incluídas áreas com alta densidade demográfica nos subúrbios de baixa renda da capital.

Desafios da pandemia

Após medidas rígidas de lockdown diminuírem a velocidade das infecções, muitos países europeus estão começando a ver novos bolsões do vírus depois de afrouxar as restrições para tentar limitar os danos econômicos e aliviar a frustração popular.

A França tornou obrigatório o uso de máscaras em espaços públicos fechados, como lojas e bancos, desde 21 de julho, e Paris se junta a uma lista crescente de cidades mandando pessoas usarem máscaras em áreas movimentadas ao ar livre, como Toulouse, Lille e Biarritz.

A taxa de testes positivos na região da Grande Paris está em 2,4%, em comparação com a média nacional de 1,6%, como registra a agência Reuters.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

  1. Este vírus é igual ao da gripe, vamos conviver com ele por muito tempo. O importante é se cuidar, a vacina e levar a vida como levamos com o H1N1. Sem terror.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês