-Publicidade-

Em junho, confiança da indústria tem maior alta da série histórica

Houve melhora da percepção dos empresários tanto em relação ao momento presente quanto ao futuro
Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

Houve melhora da percepção dos empresários tanto em relação ao momento presente quanto ao futuro

indústria
Foto: Agência Brasil

O Índice de Confiança da Indústria (ICI), divulgado nesta segunda-feira, 29, aumentou 16,2 pontos na passagem de maio para junho, alcançando 77,6 pontos.

Essa é a maior alta da pesquisa da Fundação Getúlio Vargas, iniciada em janeiro de 2001.

O indicador atingiu agora 77,6 pontos, em uma escala de zero a 200.

Leia também: “Faturamento de um terço dos lojistas de SP cai 90% após reabertura”

Em maio, a confiança da indústria já havia crescido 3,2 pontos. No entanto, as altas de maio e de junho recuperaram apenas metade dos 39,3 pontos perdidos no segundo bimestre do ano.

Todos os 19 segmentos industriais pesquisados pela FGV tiveram aumento da confiança em junho. Trata-se de resultado atribuído à forte melhora da percepção empresarial do presente e, sobretudo, dos próximos três meses.

Capacidade instalada

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada aumentou 6,3 pontos porcentuais, de 60,3% para 66,6%.

Apesar disso, o indicador ainda se encontra 13,2 pontos porcentuais abaixo da média de janeiro de 2001 a março de 2020 (79,8%).

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês