-Publicidade-

Mesmo em recesso, Rodrigo Maia começa o ano viajando pela FAB

Na agenda oficial da Presidência da Câmara dos Deputados não foram encontradas atividades oficiais marcadas para estas datas
O deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ), impedido de disputar a reeleição pela presidência da Câmara | Foto: Reprodução/IG
O deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ), impedido de disputar a reeleição pela presidência da Câmara | Foto: Reprodução/IG | ilusões de rodrigo maia - ilusões - artigo de jr guzzo

Na agenda oficial da presidência da Câmara dos Deputados não foram encontradas atividades oficiais marcadas para essas datas

ilusões de rodrigo maia - ilusões - artigo de jr guzzo
O deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ), impedido de disputar a reeleição à presidência da Câmara | Foto: Reprodução/IG

Entre os dias 4 e 5 de janeiro, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), usou os aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) para acessar três destinos. O primeiro voo saiu do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com rota para Brasília. O segundo trajeto foi da capital do país para a cidade de São Paulo, com direito a volta no mesmo dia. Na agenda oficial da presidência da Câmara dos Deputados não foram encontradas atividades oficiais marcadas para essas datas.

Segundo a assessoria do parlamentar, os trajetos ao Rio de Janeiro são frequentes uma vez que a cidade é o domicílio do parlamentar. Já a visita a São Paulo foi marcada por “reuniões políticas” — no entanto, não foi confirmado ou negado que essa viagem tenha acontecido em decorrência da campanha do candidato à presidência da Câmara apoiado por Maia, o deputado federal Baleia Rossi (MDB).

Desde o começo do recesso parlamentar, em 22 de dezembro, até o dia 8 de janeiro, o registro da FAB indica o uso dos aviões da frota oficial por Maia em dez trajetos com destinos distribuídos entre quatro capitais: Belo Horizonte, Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo.

Leia também: “Ao lado de Maia, Baleia Rossi inicia viagens de campanha”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

7 comentários

  1. ” Reuniões políticas “. Está aí uma das causas do Elevado CUSTO BRASIL. Porque para arranjar dinheiro para bancar mordomias de parlamentares, ex-presidentes e outros, sacrifica-se a população.

  2. O problema do Brasil chama-se políticos, porque são esses outros que podem mudar tudo nessa Constituição podre que o país tem, que lhes concede o mundo de mordomias que têm, assim como destituir componentes do STF igualmente podre. Então, fazer o quê para mudar isso? Sempre peguei uma intervenção militar que fosse provisória, com o intento de expurgar coisas e políticos safados, mas o povo brasileiro só se junta para brincar carnaval. Vamos ver se em 2022, criamos vergonha na cara para banir de vez a esquerda ladra anarquista das nossas vidas.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês