-Publicidade-

Presidente da Assembleia Legislativa de SC é preso

Investigação apura suspeita de fraudes que ultrapassam R$ 500 milhões
Júlio Garcia
Presidente da Alesc, deputado Julio Garcia (PSD) | Foto: Bruno Collaço/Agência AL

A Polícia Federal prendeu nesta terça-feira, 19, o presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Julio Garcia (PSD), na segunda fase da Operação Alcatraz.

Garcia prestou esclarecimentos na sede da Polícia Federal e voltou para casa. Segundo seu advogado, o mandado prevê prisão domiciliar.

Leia mais: “Covas se afasta da prefeitura de SP para tratar câncer”

A ação investiga uma suposta organização criminosa especializada na prática de crimes de corrupção, fraude em procedimentos licitatórios e lavagem de dinheiro no Estado. As fraudes teriam ultrapassado R$ 500 milhões.

No total, a segunda fase da operação cumpriu 34 mandados de busca e apreensão, 11 mandados de prisão preventiva e nove de prisão temporária.

A assessoria do deputado Julio Garcia informou que não vai se manifestar. A Assembleia Legislativa e o PSD não se pronunciaram.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

  1. Não rouba e tenta frear a roubalheira desenfreada instituída pela comunistada, desde a revolução comunista de 1.988.
    Haja segurança e colete à prova de balas pro Messias.
    A mim não importa que tenha mau hálito e peide no elevador.
    Não votei em bailarina ou bailarino de calcinha justa.
    Na falta de uma FFAA igual a de 1.964 para reeditar uma DITADURA MILITAR, que Deus continue abençoando o Capitão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês