-Publicidade-

Produção de açúcar no Brasil deve avançar 32%

Com os números, Brasil deve ficar no patamar de maior produtor do mundo por dois anos seguidos
Colheira mecanizada de cana | Foto:  Mônica Zarattini/Estadão Conteúdo
Colheira mecanizada de cana | Foto: Mônica Zarattini/Estadão Conteúdo

Com os números, Brasil deve ficar no patamar de maior produtor do mundo por dois anos seguidos

açúcar
Colheira mecanizada de cana | Foto: Mônica Zarattini/Estadão Conteúdo

A Companhia Nacional do Abastecimento (Conab) divulgou nesta quinta-feira, 20, que a produção de açúcar no Brasil na temporada 2020/21 deve crescer 32% frente à safra anterior.

Deve ser produzido o recorde de 39,3 milhões de toneladas, colocando o Brasil no patamar de maior produtor do mundo por dois anos seguidos.

LEIA MAIS: Como vão as queimadas pelo Brasil e países vizinhos

A previsão foi elevada frente à primeira estimativa, em maio, quando a produção de açúcar foi vista em 35,3 milhões de toneladas.

Segundo a Conab, o impulso vem da oferta mundial limitada por adversidades climáticas em importantes produtores da Ásia e também da taxa de câmbio elevada.

Cana e etanol

A safra de cana deve ficar em 642 milhões de toneladas, com redução de 0,1% frente à temporada anterior, mas superior à estimativa de 630,7 milhões em maio.

A produção total de etanol do Brasil em 2020/21 foi projetada pela Conab em 30,56 bilhões de litros, queda de 14,3% ante a safra anterior, com 27,8 bilhões de litros em etanol de cana e 2,7 bilhões de litros produzidos a partir do milho.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês