-Publicidade-

Secretário de Guedes vê como ‘baixíssima’ a possibilidade de 2ª onda no Brasil

Adolfo Sachsida afirmou que estudos apontam que a chamada imunidade de rebanho já estaria sendo alcançada

Adolfo Sachsida afirmou que, segundo estudos, a chamada imunidade de rebanho já estaria sendo alcançada

Adolfo Sachsida
Secretário de Política Econômica, Adolfo Sachsida | Foto: Edu Andrade/Ascom/ME

O secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, afirmou que a possibilidade de uma segunda onda de contaminações pelo novo coronavírus é “baixíssima” no Brasil.

Segundo estudos da Secretaria de Política Econômica, a chamada imunidade de rebanho já estaria sendo alcançada no país, afirmou o secretário.

Leia mais: “Ministério melhora previsão de queda da economia em 2020”

“Honestamente, acho baixa a probabilidade de segunda onda”, disse Sachsida.

Questionado se o governo tem um plano para o caso de novas medidas de fechamento, o secretário disse que prefere “não dar respostas concretas a perguntas hipotéticas”, mas destacou que é responsabilidade da secretaria ter sempre um plano de contingência.

“Algo concreto é a forma da retomada econômica. Desde outubro, o setor de serviços está cada vez mais forte e vai garantir a tração necessária para a economia”, afirmou Sachsida.

O secretário de Política Econômica afirmou que o emprego vai crescer em 2021, puxado pelo setor de serviços. Sachsida destacou que ainda existem R$ 110 bilhões de recursos a ser injetados na economia por meio do restante de pagamentos do auxílio emergencial e do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês