-Publicidade-

Vendas no varejo crescem pelo quinto mês seguido, mas desaceleram

Entre as oito atividades pesquisadas, cinco tiveram taxas positivas em setembro na comparação com agosto
Consumidor olhando vitrine de loja de sapatos | Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Consumidor olhando vitrine de loja de sapatos | Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Entre as oito atividades pesquisadas, cinco tiveram taxa positiva em setembro na comparação com agosto

loja
Consumidor olhando vitrine de loja de calçados | Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

As vendas do comércio varejista cresceram 0,6% em setembro, a quinta taxa positiva consecutiva desde maio. Apesar da trajetória de crescimento, o resultado indica uma desaceleração frente às altas dos meses anteriores.

As informações são da Pesquisa Mensal de Comércio, divulgada nesta quarta-feira, 11, pelo IBGE. Em relação a setembro de 2019, o comércio cresceu 7,3%.

Leia mais: “Crise? Bolsa de valores tem ‘boom’ de estreias em 2020”

“As quedas de março e abril foram muito expressivas, o que fez com que os meses seguintes de recuperação também tivessem altas intensas. A desaceleração é como se a série estivesse voltando à normalidade”, analisa o gerente da pesquisa, Cristiano Santos.

Com a variação de 0,6% em setembro, o patamar do comércio varejista, que já havia atingido nível recorde em agosto, continua em crescimento.

IBGE
Foto: Reprodução/IBGE

Setores

Entre as oito atividades pesquisadas, cinco tiveram taxa positiva na comparação com agosto:

  • Livros, jornais, revistas e artigos de papelaria (8,9%)
  • Combustíveis e lubrificantes (3,1%)
  • Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria (2,1%)
  • Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (1,1%)
  • Móveis e eletrodomésticos (1,0%)

Por outro lado, pressionando negativamente, figuraram três setores:

  • Tecidos, vestuário e calçados (-2,4%)
  • Outros artigos de uso pessoal e doméstico (-0,6%)
  • Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-0.4%)
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês