-Publicidade-

Coronavírus: Ministério da Saúde já gastou R$ 678,5 milhões com respiradores durante a pandemia

Cada equipamento foi comprado pelo valor médio de R$ 49,6 mil
Em média, 506 respiradores foram enviados a cada unidade federativa
Em média, 506 respiradores foram enviados a cada unidade federativa | Foto: Divulgação

Desde o começo da pandemia até o fim de janeiro, o governo federal gastou R$ 678,5 milhões com a compra de respiradores mecânicos. Foram 13.664 aparelhos distribuídos por todos os Estados brasileiros e  Distrito Federal — cada equipamento foi adquirido pelo valor médio de R$ 49,6 mil. Os números constam no site OpenDataSUS, mantido pelo Ministério da Saúde do Brasil.

Leia também: “Associação japonesa defende uso de ivermectina no enfrentamento da covid-19”

Em média, 506 respiradores foram enviados a cada unidade federativa. Entretanto, a distribuição não foi homogênea. O Estado de Rio de Janeiro recebeu a maior quantidade (1.755), seguido por São Paulo (1.158) e Rio Grande do Sul (1.028). O Distrito Federal aparece na 19ª posição (273). Os três Estados que menos receberam foram Acre (170), Roraima (162) e Amapá (125).

 Veja a quantidade de respiradores que cada Estado recebeu

1º Rio de Janeiro: 1.755

2º São Paulo: 1.158

3º Rio Grande do Sul : 1.028

4º Minas Gerais: 1.025

5º Paraná: 979

6º Bahia: 962

7º Goiás: 835

8º Amazonas: 526

9º Pará: 470

10º Espirito Santo : 449

11º Paraíba: 368

12º Mato Grosso do Sul: 360

13º Ceará: 354

14º Rio Grande do Norte: 330

15º Maranhão: 321

16º Rondônia: 292

17º Alagoas: 287

18º Pernambuco: 278

19º Distrito Federal: 273

20º Mato Grosso : 272

21º Santa Catarina: 263

22º Tocantins: 226

23º Piauí: 210

24º Sergipe: 186

25º Acre: 170

26º Roraima: 162

27º Amapá: 125

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês