-Publicidade-

Críticas de ex-ministro à quarentena incomodam Mandetta

Deputado federal Osmar Terra classificou isolamento como medida sem 'efeito prático nenhum'
Foto: TV Brasil
Foto: TV Brasil

Deputado federal Osmar Terra classificou isolamento como medida sem ‘efeito prático nenhum’

Mandetta anda incomodado com fogo amigo de ex-ministro | Foto: Isac Nóbrega/Presidência da República

Um vídeo do deputado federal e ex-ministro da Cidadania, Osmar Terra (MDB-RS), divulgado nesta segunda-feira, 23, incomodou o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Na publicação, Terra minimiza algumas medidas que vêm sendo propostas com o apoio do Ministério da Saúde para combater o coronavírus, como a quarentena compulsória.

Para o ex-ministro, que também é médico, o isolamento das pessoas não tem eficácia. “O que estou discutindo aqui é que algumas medidas que estão sendo propostas, entre elas o confinamento das pessoas em geral, não tem efeito prático nenhum”, opinou Terra. “O vírus se propaga muito rápido. Ele é um vírus novo, não tem resistência nas pessoas, ele vai longe. Quando aparecem os primeiros casos, já tem milhares de pessoas contaminadas pelo vírus”, complementou o deputado federal.

A crítica, porém, causou desconforto ao ministro da Saúde, um dos principais defensores do isolamento domiciliar, segundo apurou Oeste. Principalmente após o filho do presidente, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), ter divulgado a manifestação de Terra em suas redes sociais. Para aliados de Mandetta, com esse movimento, Terra tenta se capitanear para assumir novamente um ministério no governo Jair Bolsonaro.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês