-Publicidade-

Eduardo Bolsonaro: ‘Moro e Guedes têm X nas costas’

Eduardo Bolsonaro havia cobrado Moro para que defendesse o pai publicamente: "Tem X nas costas"

Em live de deputada bolsonarista em 20 de abril, filho do presidente cobrou que ministros falassem bem do pai publicamente e disse que teriam vida difícil se ele deixasse o poder

Um dia depois de o presidente Jair Bolsonaro participar de manifestações que pediam intervenção militar no país, o filho Eduardo participou de uma live no canal da deputada federal Caroline de Toni (PSL-SC) e não apenas defendeu o pai como também cobrou que o então ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, fizessem o mesmo.

“O que eu gostaria de pedir é que, dentro do governo, mais pessoas publicamente, explicitamente, falassem a favor do presidente”, disse o filho número 3. “Porque aqueles verdadeiros guerreiros não falam só no momento da vitória, falam também nos momentos em que a gente está sob fogo.”

Ainda na transmissão, Eduardo fez previsões bastante pessimistas sobre ambos os ministros se eles saíssem do governo do pai. “Imaginem vocês, Jair Bolsonaro saindo do poder, como será a vida de ministros como Sergio Moro ou Paulo Guedes? Vocês acham que ele teria a vida tranquila? Eu acho que dificilmente”,  começou. “”Essa galera já recebeu um X nas costas; eles serão odiados por muito tempo.”

Eduardo Bolsonaro aproveitou o espaço para criticar o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), dizendo que ele estaria armando para dar um golpe no governo do pai e que, em recentes viagens ao exterior, agia como se fosse um primeiro-ministro do país. Eduardo também se mostrou incomodado com a proximidade de Maia com o embaixador da China no Brasil, com quem recentemente teve desentendimentos.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

  1. Nenhum comentário aqui e nem nos jornais li sobre a ameaça do zero a Sérgio Moro e a Paulo Guedes. Virou normal essa conversa de mafiosos?

  2. Roberta Ramos, gostaria de corrigir seu texto: as manifestações foram e continuarão a ser, para pedir a saída de Maia da presidência da Câmara e até mesmo a cassação de seu mandato. Não foi para intervenção militar, narrativa que a imprensa lixo tenta implacar. Ok?

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês