-Publicidade-

Estados Unidos dão sinais de retomada econômica

Em ano de eleição para a Casa Branca, recuperação econômica pós-coronavírus é assunto prioritário tanto para Donald Trump quanto Joe Biden
Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump e vice-presidente Mike Pence
Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump e vice-presidente Mike Pence

Em ano de eleição para a Casa Branca, recuperação econômica pós-coronavírus é assunto prioritário tanto para Donald Trump quanto Joe Biden

Donald Trump - Mike Pence
Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump e vice-presidente Mike Pence | Foto: Tia Dufour/Casa Branca

Indicadores divulgados nesta sexta-feira, 14, apontam que os Estados Unidos estão conseguindo retomar a economia após baixos índices provocados pela pandemia.

Em ano de eleição presidencial, os números são acompanhados de perto tanto pelo presidente Donald Trump quanto pelo seu adversário Joe Biden.

A produção industrial nos Estados Unidos aumentou 3% em julho com relação a junho, segundo dados divulgados nesta sexta-feira, 14, pelo Federal Reserve, o banco central norte-americano nesta sexta-feira.

Ainda assim, a produção industrial se encontra 8,4% abaixo do nível de fevereiro, pré-pandemia de covid-19.

LEIA MAIS: EUA X CHINA E A GRANDE AMEAÇA GEOPOLÍTICA

A produção industrial de junho foi revisada para cima, de alta de 5,4% para avanço de 5,7% na comparação mensal.

No mês passado, o maior aumento de produção foi registrado no setor automotivo, com um avanço mensal de 28,3%.

A utilização da capacidade industrial elevou-se em julho 2,1 pontos porcentuais, atingindo 70,6%.

Vendas no varejo sobem 1,2%

As vendas no varejo dos Estados Unidos subiram 1,2% em julho ante junho, mostrando que o setor continua se recuperando do impacto do coronavírus.

Os dados com ajustes sazonais foram divulgados divulgados pelo Departamento do Comércio.

Excluindo-se automóveis, as vendas no setor varejista americano cresceram 1,9% na comparação mensal de julho.

Os dados de junho ante maio foram revisados, para acréscimo de 8,4% nas vendas totais e ganho de 8,3% no resultado sem automóveis.

Com informações do Estadão Conteúdo.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês