-Publicidade-

Folha e Mandetta culpam Bolsonaro por mortes de Covid-19

Folha (que desejou a morte de Bolsonaro) e Mandetta responsabilizam presidente por mortes de Covid-19
Mandetta e Bolsonaro têm tido opiniões divergentes | Foto: ISAC NÓBREGA/PR
Mandetta e Bolsonaro têm tido opiniões divergentes | Foto: ISAC NÓBREGA/PR

Para Folha e Mandetta, Bolsonaro é responsável por óbitos pelo fato de ele ser contrário ao isolamento total

folha - mandetta - Bolsonaro
Sede do jornal Folha de S.Paulo, na capital paulista | Foto: DIVULGAÇÃO

O jornal Folha de S. Paulo e o ex-ministro da Saúde Luís Henrique Mandetta culparam, neste sábado, 8, o presidente Jair Bolsonaro pelas 100 mil mortes por coronavírus no País.

Em editorial publicado no início desta tarde, o jornal paulistano eximiu governadores e prefeitos de sua responsabilidade no combate à pandemia. Do outro lado, classificou Bolsonaro como o maior culpado pelos óbitos registrados até o momento. “O maior responsável pela tragédia se chama Jair Bolsonaro. Em vez de liderar uma ação nacional, negou a gravidade da emergência de saúde pública, promoveu aglomerações e falsas terapias, como a cloroquina, e colheu oito casos de ministros infectados (outro provável recorde mundial), além de si próprio e da primeira-dama”, destacou o jornal.

Revista Oeste: Os progressistas da marcha da insensatez

Essa não é a primeira vez que a Folha ataca o presidente. Em julho, um colunista do jornal, Hélio Schwartsman, publicou artigo em que defendia publicamente a morte de Bolsonaro.

Coincidentemente, o jornal publicou, também neste sábado, entrevista com o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta. O ex-auxiliar expressou posicionamento semelhante ao do editorial do jornal paulistano. Na avaliação de Mandetta, a postura do presidente, contrária às medidas defendidas pelo então ministro da Saúde como o isolamento social irrestrito, foi decisiva para que o Brasil contabilizasse mais de 100 mil mortes. “Houve uma série de fatores, mas o fator presidente foi preponderante. Ele deu argumento para as pessoas não ficarem em casa. Ele deu esse exemplo e serviu de passaporte para as pessoas aderirem politicamente a essa ideia”, afirmou Mandetta à Folha.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

31 comentários

  1. Se os governadores e prefeitos tivessem utilizado o protocolo com cloroquina desde abril, certamente não teria havido tantas mortes. Tentam mudar o centro de responsabilidade agora, mas não adianta mais, o STF deu “um álibi” ao presidente.

    1. Que falta faz a verba Federal, não é não , Foice da São Paulo?Acabou a credibilidade. Não enganam mais ninguém ,e o pior e ficar batendo nessa mesma tecla. Vira esse disquinho arranhado ó Mutreta,seu tirinho de traque saiu pela culatra.

      1. Novidade seria se dissessem o contrário. Um perdeu verba da mídia e o outro anseia ser o próximo presidente. Conclusão, credibilidade zero.

      2. O tal Mandetta orientava as pessoas a NÃO procurarem os serviços de saúde aos primeiros sintomas da doença e que aguardassem a piora do quadro respiratório para só então dirigirem-se às unidades de saúde. Esse erro grotesco pode ter causado a morte de muita gente por impedir o tratamento precoce, este sim um princípio básico em Medicina. Também não vi o ex ministro executar, ou sequer incentivar qualquer campanha que promovesse a proteção dos mais velhos e doentes crônicos, o que teria salvado a vida de milhares atuando diretamente no grupo de risco. Não fez isso para não parecer que apoiava o isolamento vertical e preferiu a má política à boa Medicina. Por fim, caso se confirme a eficácia da cloroquina, a soma dos seus erros e dos seus crimes de negligência, imperícia e até omissão de socorro, poderá, ou deveria, levá-lo a ter cassado seu CRM e à Justiça criminal.

      3. Concordo. Acrescento que a mídia tradicional e os governos estaduais abandonaram a periferia e as favelas. Nesses lugares, a situação ficou pior. As forças de segurança foram proibidas de atuar. Os repórteres dos jornais e canais de TV foram até a periferia ? Mostraram os “pancadões” ? As aglomerações nas ruas e nos pequenos comércios ? Entrevistaram os moradores ? Os trabalhadores que não puderam “ficar em casa“ ?

  2. Estes antigos veículos de comunicação perderam totalmente a credibilidade. Veja a situação em que a Globo se encontra. Quanto ao Mandetta, nem tenho palavras para descrever tamanho mau caráter.

  3. O que mais me impressiona é que A PATOTA DA MORTE, acredita relamente que o povo é burro. Inacreditável a inabilidade política deste povo, que joga no colo de Bolsonaro a cada 10 mil morte por Covid. Showzinho dos horrores!
    1. ? Dória: 24.735 mortes
    2. ? Witzel: 14.028 mortes
    3. ? Camilo Santana: 7.921 mortes
    4. ? Paulo Câmara: 6.867 mortes
    5. ? Helder Barbalho: 5.854 mortes
    6. ? Ruy Costa: 3.843 mortes
    7. ? Flávio Dino: 3.138 mortes
    TOTAL DE MORTES DOS 7 GOVERNADORES: 66.386 vítimas do covid.Fonte: https://covid.saude.gov.br/

  4. Os caras acham que vão conseguir manipular a todos assim na cara de pau msm? Fatos sobre o ”Merdetta”.

    1 – Quem foi que disse pra ficar em casa, sendo que isso acabaria com a vida de todos os brasileiros sem condições disso.
    2 – Quem não deu um pio sobre a hidroxicloroquina?
    3 – Quem quis seguir a ”ciência”(OMS)?
    4 – Essa mesma OMS que apoiou o aborto durante essa pandemia em seu discurso.
    5 – Quem comprou produtos da China e não valorizou a produção nacional?
    6 – Qual o partido do Merdetta?

      1. Mandetta com seu “lockdown “ e por não tratar precocemente os sintomas da Covid é o grande responsável por parte das mortes por Covid. A Fiolha enganado com uma esquerda extremista não merece a menor credibilidade, sem verbas generosas governamentais destila ódio contra o governo auxiliada por um STF desmoralizado

  5. Folha quem ? Manetta aquele que manda todo mundo morrer de fome em casa ? O mesmo que passava mais tempo falando que trabalhando ? Bolsada primeiro turno

  6. Se é a vontade do povo brasileiro eu promoverei a
    Abertura Política no Brasil. Mas chegará um tempo
    que o povo sentirá saudade do Regime Militar.
    Pois muitos desses que lideram o fim do Regime
    não estão visando o bem do povo, mas sim seus próprios interesses.”
    General JOÃO FIGUEREDO=

    =========================================================
    Os Presidentes Militares Saíram Do Governo Como Entraram,”
    POBRES” Nao Podemos Falar o Mesmo Do: Sarney, Collor, FHC, Lula e Dilma.

    1. Sujeito inescrupuloso. Falseia a verdade. Boicotou o uso da cloroquina. Apostou na tese furada do isolamento total. Não admitia opinião contrária. Quando foi demitido, a bem do País, saiu do ministério beijando e abraçando funcionárias. Todos cantando, sambando e sem uso de máscaras.
      Só tenho uma coisa mais a dizer: seu mandeta, VAI SE CATAR.

    1. Sujeito inescrupuloso. Falseia a verdade. Boicotou o uso da cloroquina. Apostou na tese furada do isolamento total. Não admitia opinião contrária. Quando foi demitido, a bem do País, saiu do ministério beijando e abraçando funcionárias. Todos cantando, sambando e sem uso de máscaras.
      Só tenho uma coisa mais a dizer: seu mandeta, VAI SE CATAR.
      Vê se não enche.

  7. O triste é perceber q existe um pacto pela morte, o triste é ver q a vida das pessoas não importam, ou seja, o STF tira o poder do presidente nas medidas contra o COVID p expor sua fraqueza, não estavam preocupados com o povo, a “ciência” dos q são contra o governo diz p banir a cloroquina e descobre q a população agora passou a usar, mesmo com toda propaganda contra, todos q querem o pior p o Brasil dizem p ficar em casa p quebrar a economia. Este pacto serviu p mostrar a verdade do Brasil, o q menos importa p eles é a vida da população.

  8. A questão não é a saúde da população. É politica e trafico de drogas, nada mais. O Covid não derrubou o presidente. É preciso pensar em outra coisa, pois em 2022 ele será reeleito. Convoco FHC e sua resistência democrática, que inclui todos os tucanos investigados, para pensarem em algo. Talvez com o Luladrão concorrendo será possível derrotar o atual presidente? O STF deverá ajudar nisso.

  9. Infelizmente o que se constata é que integridade não é para todos, como demonstra a Folha, o Mandetta e tantos outros
    Descem ao nível do inferno para se protegerem e/ou atacarem a quem lhes interessa.
    Não há mais qualquer discussão quanto à postura correta, ilibada e responsável de um Presidente dose velhos, adultos e crianças, negros, indígenas, amarelos e brancos, ricos e pobres, saudáveis e doentes, … Foi eleito por todos para “cuidar” de todos!
    A falta de caráter desses, para a parte da população que necessita de suas desinformações, vai aos extremos pós limites ultrapassados.
    Não estão aí para prestarem um serviço à sociedade, mas tão somente para trazer mentiras, intrigas e desavenças, não importando a falta de pertinência à realidade e muito menos à coerência.
    Muita gente ignorante no Brasil é utilizada como massa de manobra por esses elementos e entidades inescrupulosas.
    Mandetta, Folha e outros mais pertencem a um grupo que já não enganam mais ninguém, a não ser seus já tradicionais alienados.

  10. Ciência, ciência, ciência se for contaminado não toma nada se tiver morrendo vai para o hospital e cuidado a cloroquina é muito perigosa. Eu ouvi isto do Mandetta. E a folha foi corresponsável pelas mortes por se opor ao uso da cloroquina precocemente. Será que acham que somos idiotas.

  11. A Folha e seus leitores caviar, deveriam ser responsabilizados pela morte de dezenas de pessoas que foram proibidas de se curar devido a falsa informacao sobre a hidroxicloroquina.
    O Mandetta deveria ser preso pôr crime contra a humanidade, por proibir o uso do único remédio disponível para tentar salvar vindas.
    Folha e Mandetta são cúmplices, quando recomendam e obrigam o povo a ficar em casa e esperar o agravamento da doença, sem dar o direito da luta pela vida.
    Sim eles mataram muitas vidas ,em nome da ciência política e da ciência da falta de verbas públicas .
    Ciência mesmo, o Mandetta NUNCA seguiu e a Folha foi uma grande colaboradora dos discursos políticos do Ministro, contra a saúde do povo.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês