-Publicidade-

Homem de 25 anos é acusado por atentado contra Bolsonaro

O crime aconteceu em 2019 e o inquérito foi concluído na última quarta-feira, 11 de novembro de 2020
Presidente tem até sexta-feira, 11, para vetar ou sancionar projeto | Foto: Marcos Corrêa/PR
Presidente tem até sexta-feira, 11, para vetar ou sancionar projeto | Foto: Marcos Corrêa/PR | igrejas

Ato ocorreu em 2019 e o inquérito foi concluído na última quarta-feira, 11

igrejas
O presidente Jair Bolsonaro | Foto: Marcos Corrêa/Presidência da República

Na última quarta-feira, 11, a Polícia Federal (PF) concluiu o inquérito que aponta que um homem de 25 anos planejava atacar o presidente Jair Bolsonaro em 2019. O crime de atentado contra a liberdade pessoal do presidente da República teria sido engendrado por um funcionário de uma empresa de limpeza que trabalhava dentro da Escola de Sargentos de Três Corações (MG). Segundo a PF, o homem, indiciado com base no artigo 28 da Lei de Segurança Nacional, pretendia concretizar o ato durante a visita do político à cerimônia de diplomação de militares em setembro do ano passado.

Leia também: Professora ‘ensina’ que Bolsonaro armou assassinato de Marielle

Na véspera da chegada de Bolsonaro, o acusado postou diversas mensagens nas redes sociais anunciando o ataque. Em uma delas, postou um vídeo com um estoque — que é um objeto para perfurar, semelhante a uma faca improvisada — feito com uma escova de dentes para conseguir passar pelo detector de metais.

 

 

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês