-Publicidade-

Mourão se posiciona contra militares receberem acima do teto

Vice lembrou que jurisprudência permite acúmulo de salários, mas considera isso questão 'ética e moral'.
Mesmo sendo general da reserva, o vice-presidente Hamilton Mourão se posicionou contra o acúmulo da aposentadoria com salário no governo | Foto: Bruno Batista/VPR
Mesmo sendo general da reserva, o vice-presidente Hamilton Mourão se posicionou contra o acúmulo da aposentadoria com salário no governo | Foto: Bruno Batista/VPR | hamilton mourão, teto do funcionalismo, militares, reserva, governo federal, agu

Vice lembrou que jurisprudência permite acúmulo de salários, mas considera isso questão ‘ética e moral’

hamilton mourão, teto do funcionalismo, militares, reserva, governo federal, agu
Mesmo sendo general da reserva, o vice-presidente Hamilton Mourão se posicionou contra o acúmulo da aposentadoria com salário no governo | Foto: Bruno Batista/VPR

O vice-presidente Hamilton Mourão criticou nesta segunda-feira, 31, a possibilidade de acúmulo de remunerações acima do teto do funcionalismo para militares.

O Ministério da Defesa consultou o Advocacia-Geral da União (AGU) para saber se poderia ultrapassar o valor de R$ 39,3 mil.

“Eu, claramente, sou contra isso aí em um momento que nós estamos vivendo”, posicionou-se o general da reserva. “Se a gente estivesse vivendo uma situação normal, país com recurso sobrando, tudo bem. Mas não é o que está acontecendo.”

De acordo com a Defesa, o objetivo da medida seria corrigir distorções justamente para militares da reserva que estão em atuação no governo e não recebem o soldo ou apenas parte dele.

A AGU então permitiu que eles recebessem a aposentadoria e o salário do governo. Mas, a União não quer fazer os pagamentos.

Para o vice-presidente, apesar de haver jurisprudência sobre o tema, a questão é “ética e moral” e nem deveria ser considerada por causa da crise do coronavírus.

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês