-Publicidade-

‘Pandemia revelou a quantidade de tiranos que nós temos’, diz Bia Kicis

Deputada garante que o presidente Jair Bolsonaro não vai impor vacina, mas teme que o Supremo decida pela obrigatoriedade

Deputada garante que o presidente Jair Bolsonaro não vai impor vacina, mas teme que o Supremo decida pela obrigatoriedade

Bia Kicis
Deputada Federal Bia Kicis (PSL-DF) | Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

“O meu projeto é muito responsável”, resume a deputada federal Bia Kicis (PSL-DF), que apresentou uma proposta desobrigando a vacinação contra a covid-19.

Em entrevista a Oeste, ela garante que a população não quer ser obrigada a “tomar vacina alguma”.

Leia mais sobre o assunto: “A verdade sobre a Coronavac”

“A gente não está aqui fazendo campanha contra vacina, negacionistas, não tem nada disso. Nós estamos falando da vacina da covid-19 que é um experimento, não passa de um experimento”, afirma.

A deputada garante que o presidente Jair Bolsonaro não vai impor vacina, mas teme que o Supremo decida pela obrigatoriedade.

“Se há uma coisa que essa pandemia revelou é a quantidade de tiranos que nós temos no Brasil e no mundo. Isso chega a ser repugnante e nós temos que lutar pela liberdade”, observar Kicis, ao mencionar governadores e prefeitos.

A parlamentar defende, em primeiro lugar, a ideia de que a vacina tem que ser segura e que não é possível atestar a segurança em poucos meses.

Críticas ao Supremo

Bia Kicis, que é procuradora aposentada, diz que o STF está criando sua própria constituição e “esse é o grande perigo do Supremo”.

“São 11 Supremos, cada um com a caneta decidindo a seu bel prazer”, afirma.

Ela cita como exemplo a decisão do ministro Marco Aurélio Mello de soltar o traficante André do Rap. Depois, o plenário do STF decidiu prendê-lo novamente, mas ele segue foragido.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

7 comentários

  1. To kagando pro que o stf acha! Desobediência civil constante até morrerem pois esse povo não volta atrás em nada! Ses corações perversos já decidiram.

    E VÃO PRO INFERNO, MANDETTA, PAZUELLO, MOURÃO E TODOS QUE JÁ DERAM SUAS ALMAS PRO PÊNIS DO DRAGÃO INFERNAL!(pcch.)

  2. É uma pena que se revalaram e não poderão se esconder mais! Uma ótima oportunidade pra se caçar esses baderneiros e arrancar a cabeça deles e colocar em praça pública!

    TODA VIOLÊNCIA CONTRA TIRANOS É JUSTA! VIDE CEAUCESCU, GUEVARA E DEMAIS! E COMEÇA POR DESOBEDIÊNCIA CIVIL! COVARDIA E INDOLÊNCIA NÃO SERÃO TOLERADOS POIS SEUS FILHOS QUE PAGARÃO POR SUA INDOLÊNCIA E ARROGÂNCIA!

  3. Dia 11 será o golpe final. Meus netinhos decidirão se serão bichos ou bichas!!! com apenas 6 anos de idade saberão o que é xereca e aos 15 pegarão numa pistola, pois a coisa como já vai, que nos diga o rap.

  4. A esquerda necessita de tiranos, o povo não pode desenvolver o pensamento livre e plural, isso é óbvio; é o que acontece em toda e qualquer nação que experimente o comunismo.
    A China e os desajustados daqui, junto aos que aparelham o STF e dirigem alguns de nossos estados e munícipios, necessitam da tirania para continuarem absolutos e poderem manter a esperança de converter o Brasil em mais uma Venezuela.

    Os russos já tomaram conta dela!
    A China da Argentina!

    O Brasil ainda é um campo aberto e indefinido de batalha, infelizmente graças a um povo com baixíssima instrução, o aparelhamento de nossos órgãos desde FHC, nossas Ademias e imprensa repletas de limitados, desajustados e alienados traidores!

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês