-Publicidade-

Primeiro trem parte de Wuhan após 11 semanas de bloqueio

Com as restrições suspensas, a capital da província de Hubei embarca em novo momento: retomar os negócios e a vida cotidiana, enquanto tenta manter o número de novos casos baixo.

Moradores da cidade onde se originou a pandemia do coronavírus já podem ir a outros locais na China

Wuhan, China | Foto: PixBay

Após 11 semanas de bloqueio, o primeiro trem partiu na manhã desta quarta-feira, 8, da cidade chinesa de Wuhan, o ponto de origem da pandemia de coronavírus.

Com as restrições suspensas, a capital da província de Hubei embarca em novo momento: retomar os negócios e a vida cotidiana, enquanto tenta manter baixo o número de novos casos.

Agora, os 11 milhões de moradores da cidade podem sair de casa sem autorização especial, desde que um aplicativo obrigatório de smartphone, alimentado por uma combinação de rastreamento de dados e vigilância governamental, mostre que eles são saudáveis ​​e não estiveram em contato recente com pessoa com teste positivo para o vírus.

A ocasião foi marcada com um show de luzes em ambos os lados do rio Yang-tse-kiang, com projeção em arranha-céus de imagens animadas de profissionais da saúde cuidando de pacientes.

Ao longo das margens do rio e nas pontes, os cidadãos agitavam bandeiras, cantando o hino nacional da China.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês