-Publicidade-

Retração da pandemia acontece em seis Estados

É a primeira vez que retração da pandemia acontece desde a chegada do vírus chinês ao país em fevereiro, segundo pesquisa da PUC-Rio: seis Estados estão com taxas de transmissão abaixo de 1.
Seis Estados brasileiros tiveram retração da pandemia pela primeira vez | Foto: Divulgação
Seis Estados brasileiros tiveram retração da pandemia pela primeira vez | Foto: Divulgação | retração da pandemia, taxa de transmissão, coronavírus, covid-19

É a primeira vez que isso acontece desde a chegada do vírus chinês ao país em fevereiro, segundo pesquisa da PUC-Rio

retração da pandemia, taxa de transmissão, coronavírus, covid-19
Seis Estados brasileiros tiveram retração da pandemia pela primeira vez | Foto: Divulgação

Pela primeira vez desde fevereiro, o Brasil teve uma retração da pandemia em seis Estados, segundo pesquisa covid-19 Analytics da Pontifícia Universidade Católica do Rio (PUC-Rio).

Acre, Amazonas, Maranhão, Pará, Roraima e Tocantins estão com taxa de retransmissão do vírus inferior a 1. Ou seja, novos infectados nem sempre repassam o vírus chinês.

Pernambuco chegou a ter a taxa abaixo de 1 por 19 dias. Entretanto, na última pesquisa, o valor subiu para 1,01.

Obviamente, Em São Paulo e no Rio de janeiro, a retração da pandemia ainda não chegou. No primeiro, a taxa de retransmissão é de 1,15 e no segundo, 1,08.

A maior preocupação agora são os quatro Estados do Centro-Oeste.

Há mais de 40 dias, três deles têm as maiores taxas de retransmissão do país: Goiás, com 1,89; Mato Grosso, com 1,59; e Mato Grosso do Sul, com 1,57.

Apesar de ter poucos casos de coronavírus, o Paraná tem taxa de retransmissão de 1,48 e o Distrito Federal, de 1,44.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês