-Publicidade-

Roberto Jefferson é condenado a pagar R$ 50 mil ao ministro Alexandre de Moraes

Esposa do magistrado também deve receber indenização
O presidente do PTB, Roberto Jefferson
O presidente do PTB, Roberto Jefferson | Foto: Felipe Menezes/PTB Nacional

O presidente do PTB, Roberto Jefferson, foi condenado a pagar indenização de R$ 50 mil ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal. O político afirmou que o magistrado tem relações com a organização criminosa paulista Primeiro Comando da Capital (PCC). O juiz Christopher Alexander Roisin, da 1ª Vara Cível do Foro Central Cível de São Paulo, proferiu a sentença na terça-feira 16.

No programa Opinião no Ar, apresentado pelo jornalista Luís Ernesto Lacombe na RedeTV!, Jefferson se referiu a Moraes como “Xandão do PCC”. Durante a transmissão, o petebista também fez acusações contra a advogada Viviane Barci de Moraes, esposa do ministro.

“Dona Vivi, ela era piloto de fogão e virou a maior jurista do Brasil”, disse Jefferson. “Você entra no escritório, R$ 3 milhões, R$ 2 milhões, mais garantia de sentença favorável, embargos auriculares. Ela virou a longa manus do Careca. Ele só disca e os relatores de lá dão o que ela quer. Ela ganha tudo, virou uma vergonha.”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês