-Publicidade-

OMS descarta imunidade coletiva contra a covid-19 em 2021

O anúncio foi feito pela cientista-chefe da entidade, Soumya Swaminathan

O anúncio foi feito pela cientista-chefe da entidade, Soumya Swaminathan

Soumya Swaminathan, OMS
Foto: Reprodução/Flickr

A Organização Mundial da Saúde (OMS) descartou ser possível atingir a imunidade de rebanho contra a covid-19 em 2021. O anúncio foi feito pela cientista-chefe da entidade, Soumya Swaminathan, que afirmou que ainda levará tempo para o mundo estar livre do novo coronavírus. Ela destacou que as campanhas de vacinação estão mais adiantadas do que a organização previa, mas que a imunidade geral ainda vai demorar.

A estimativa é que pelo menos 60% da população mundial precise ser vacinada para que o conceito de imunidade de rebanho seja alcançado. Segundo a OMS, até o início desta semana, pouco mais de 28 milhões de pessoas já tinham sido vacinadas no mundo. Isso equivale a menos de 0,4% da população global, que é de 7 bilhões de pessoas. O país mais avançado na imunização é Israel, que já vacinou pouco mais de 21,72% da população, segundo dados de monitoramento da Universidade de Oxford, do Reino Unido.

Leia também: “O possível caminho da imunidade coletiva”

Com informações da Jovem Pan

-Publicidade-
Envie-nos a sua opinião, sugestão ou crítica! Fale conosco
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês