Oposição argentina se une contra Fernández e Kirchner - Revista Oeste

Edição da semana

Em 15 jun 2020, 10:05

Oposição argentina se une contra Fernández e Kirchner

15 jun 2020, 10:05

“Concordamos em expandir nosso movimento para aqueles que compartilham os valores da liberdade”, garantiu o ex-presidente Maurício Macri

oposição argentina

O ex-presidente da Argentina Maurício Macri e a deputada Lilita Carrió | Foto: REPRODUÇÃO/TWITTER

Depois de meses afastado dos holofotes, o ex-presidente da Argentina Maurício Macri reapareceu. Numa conversa com a deputada Elisa Carrió, chefe da Coalizão Cívica, da oposição argentina, denunciou os “abusos inconstitucionais” do governo peronista. “Conversamos sobre o momento em que nosso país está passando e compartilhamos nossa preocupação, com os abusos institucionais que estamos vendo”, escreveu Macri no Twitter.

Na semana passada, o presidente Alberto Fernández decidiu estatizar o quarto maior exportador de soja do país. Portanto, parlamentares da oposição argentina argumentam que Cristina Kirchner está por trás da “prática chavista”. Assim sendo, a iniciativa privada teme que outras empresas se tornem alvo do governo. Além disso, defendem se unir para frear os esquerdistas, que têm adotado medidas radicais para conter o coronavírus.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 Comentários

  1. Too little, too late. It’s a shame.

    Responder
  2. Macri precisa encontrar um “Guedes” pra chamar de seu, pra ter força na política. Tem boas intenções, mas não tem NOMES técnicos competentes ao lado.

    Responder
    • Mais quatro anos de governo peronista não há Argentina que aguente. Mais uma Venezuela chegando.

      Responder
  3. Pobre Argentina nas.maos da esquerda estatizante
    Mais atraso.para o país. Fira da modernidade , na contramão do progresso. Mas os argentinos parecem gostar disso pois virá e mexe se entrega, nas urnas A esquerda. Vejam como Argentina veio perdendo importância até na América latina

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Vacinação sem vacina

Falar em obrigar a população inteira a se vacinar — com uma vacina que não existe — significa o quê? Um negócio da China?

Supremas diferenças

Ao compararmos o STF à Suprema Corte dos Estados Unidos, o choque é violento

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

O pai, o filho e o deboche

O pai, o filho e o deboche

A ideia geral de que não se deve praticar certas coisas em público, porque “pega mal”, parece caminhar rapidamente...

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês