Partido Comunista da China aumenta controle sobre empresas

Edição da semana

Em 22 set 2020, 18:00

Partido Comunista da China aumenta controle sobre empresas privadas

22 set 2020, 18:00

Os empresários da China “devem atender às necessidades do partido”

partido comunista da china x empresas

Foto: Reprodução/YouTube

O presidente da China e consequentemente secretário-geral do Partido Comunista do país, Xi Jinping, anunciou, na última semana, medida que afeta o dia a dia de empresas privadas em solo chinês. De acordo com o site Axios, o regime aumentará a “liderança sobre as corporações privadas”.

Leia mais: “Como as democracias morrem”

Além disso, os empresários da China “devem atender às necessidades do partido”. Dessa forma, o Partido Comunista começa a pôr em prática o que foi discutido durante evento realizado na última semana. Na ocasião, divulgou-se documento em que se defendiam “laços mais estreitos” entre as empresas particulares e o governo local.

“O novo memorando adiciona um forte elemento político, sugerindo que algumas empresas podem agora ser obrigadas a auxiliar nas atividades e objetivos políticos — embora os detalhes ainda não estejam claros”, observa a equipe do Axios, que pontua, por fim, as seguintes ações relacionadas ao controle do Partido Comunista da China sobre empresas privadas:

→ O partido obriga as companhias a agir conforme as orientações diplomáticas e de política externa de Pequim;

→ O partido afeta empresas de outros países. Foi, por exemplo, o caso da tcheca Klaviry Petrof. Fabricante de pianos, a marca teve cancelado um pedido de quase US$ 24 milhões feito por uma empresa chinesa. O cancelamento ocorreu após um representante do governo da República Tcheca visitar Taiwan;

→ Coincidentemente (ou não), empresas chinesas têm retirado anúncios de agências de notícias internacionais que publicam informações que desagradam ao governo de Pequim.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 Comentários

  1. E ainda tem faccoes que insistem neste modelo pot aqui.!

    Responder
    • Penso que seja necessário que os mega empresários brasileiros tenham estratégia, não de sobrevivência mas de manutenção do domínio em suas parcerias de exportação! Nossos empresário têem de ser sempre o sócio MAJORITÁRIO. Isso não é só pensar Brasil mas sim ser inteligentes.

      Responder
  2. Fazem a única coisa que sabem fazer: explorar, extorquir, chantagear quem produz em prol de uma classe detentora do poder!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

As piores eleições do mundo

A cura para a desgraça que são as eleições brasileiras é um conjunto de meia dúzia de providências simples como a tabuada

EUA — O que está em jogo

Em confronto, duas visões antagônicas sobre temas como geopolítica e comércio internacional, impostos e saúde, clima e energia, China e Oriente Médio

Meio ambiente é causa conservadora

Conservadores não podem se eximir da responsabilidade e reforçar a ideia de que preservação ambiental é pauta da esquerda

O plebiscito dos mentecaptos

Acaba o auxílio emergencial, mas começa a campanha emocionante do Ricardo Barros pelo plebiscito — e emoção é alimento espiritual

Nova Constituição para quê?!

Uma Carta ruim como a nossa deve ser reformada, e não anulada para que outra seja escrita. Essa é a solução conservadora

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Revista Oeste — Edição 32 — 30/10/2020

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês