Pastor Milton Ribeiro é o novo ministro da Educação - Revista Oeste

Edição da semana

Em 10 jul 2020, 17:44

Pastor Milton Ribeiro é o novo ministro da Educação

10 jul 2020, 17:44

Novo ministro da Educação, Milton Ribeiro é evangélico e membro da Comissão de Ética da Presidência da República

Milton Ribeiro

Milton é evangélico e membro da Comissão de Ética da Presidência da República

O presidente Jair Bolsonaro nomeou nesta sexta-feira, 10, o pastor da Igreja Presbiteriana Milton Ribeiro para assumir o posto de ministro da Educação. A admissão dele no MEC foi confirmada em publicação do Diário Oficial divulgada no final desta tarde.

Milton tem 62 anos nasceu em Santos (SP) e é evangélico. O novo ministro também e membro da Comissão de Ética da Presidência da República. Ligado à Universidade Mackenzie, ele apresenta doutorado em Educação. Além disso, Milton Ribeiro é militar da reserva do Exército.

A nomeação de Milton Ribeiro é a segunda tentativa do presidente Jair Bolsonaro de substituir Abraham Weintraub, que deixou o MEC no dia 18 de junho. Nesta semana, Bolsonaro analisou o currículo de 12 pessoas até chegar ao de Milton Ribeiro.

O cargo estava vago desde o final de junho, após a saída de Carlos Decotelli. Este ficou à frente da pasta por cinco dias, após a descoberta de várias inconsistências em seu currículo profissional.

Desde então, chegaram a ser cotados para o MEC o secretário de Educação do Paraná, Renato Feder, que desistiu da indicação. Igualmente cogitado, o deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO) foi considerado por Bolsonaro como um “reserva” para a hipótese de não encontrar outro nome para a pasta.

Confira a publicação no Diário Oficial da União:

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

10 Comentários

  1. E que comece o chororô…rsrsrs

    Responder
  2. Notícia confusa, né? Já foi nomeado, ainda vai ser, talvez seja. Quando decidir, nos avise, por favor.

    Responder
    • Está nomeado mestre. Nome dele foi publicado no Diário Oficial da União. Ribeiro é oficialmente o novo ministro. Grande abs

      Responder
  3. Correto e intelegente certamente. Quem trabalha com BOLSONARO tem valores e religiosidade.

    Responder
  4. Ótima escolha de Bolsonaro e um alívio para todos os conservadores. Desejo que Deus ilumine e capacite o pastor Milton Ribeiro.

    Responder
  5. CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LI
    BERTARÁ

    Responder
  6. Desejo sorte ao novo ministro da educação, afinal, é uma pasta complicada devido ao seu aparelhamento feito pela esquerda suja a mais de 30 anos.

    Responder
  7. Deus abençoe nossa nacao, educacao e o ministro.

    Responder
  8. Bom, bom. Eu gosto mesmo é do chororô da oposição.

    Responder
  9. Tem que tirar qualquer esquerdita de postos chaves
    E comecar a remanejar a verba tirando de universidades de péssima qualidade,fechando muitas que sao so cabides de Emprego e aparelhadas e investir no ensino basico

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Vacinação sem vacina

Falar em obrigar a população inteira a se vacinar — com uma vacina que não existe — significa o quê? Um negócio da China?

Supremas diferenças

Ao compararmos o STF à Suprema Corte dos Estados Unidos, o choque é violento

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

Ciência, que é bom, nada

Ciência, que é bom, nada

"Desde o começo da epidemia a discussão vem sendo assim: política em primeiro lugar", afirma J.R. Guzzo...

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês