Pelosi ignora acusação de assédio sexual e reafirma apoio a Biden - Revista Oeste

Em 30 abr 2020, 16:32

Pelosi ignora acusação de assédio sexual e reafirma apoio a Biden

30 abr 2020, 16:32

Ex-funcionária afirma que Biden abusou sexualmente dela em 1993, quando ele era senador

Nancy Pelosi

Foto: Departamento de Trabalho dos Estados Unidos/Flickr

A presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nacy Pelosi, do Partido Democrata, defendeu publicamente Joe Biden da acusação de assédio sexual. Biden será o adversário de Donald Trump na eleição presidencial marcada para novembro.

Tara Reade, que trabalhou no gabinete de Biden no Senado entre 1992 e 1993, afirmou que foi atacada pelo então senador, que teria abusado sexualmente dele. A assessoria de Biden negou a acusação.

Diversas pessoas afirmaram que ouviram o relato de Reade logo após o suposto abuso, incluindo duas mulheres que colaboraram com uma matéria publicada na segunda-feira, 27, na Business Insider.

Embora a sua assessoria tenha negado a acusação, Biden, de 77 anos, ainda não comentou sobre o assunto, e não foi perguntado sobre isso nas últimas entrevistas que concedeu.

Pelosi, que é uma importante liderança Democrata, afirmou que continua apoiando Biden, e que ele possui uma longa história apoiando políticas em defesa dos direitos das mulheres. “Ele é a personificação da esperança, da autenticidade e do otimismo para o nosso país. Uma pessoa de grande valor”, afirmou para a Agência Reuters.

Ao contrário de Pelosi, no entanto, outras mulheres do Partido Democrata pediram esclarecimentos de Joe Biden da grave acusação. Nina Turner, que foi uma das coordenadoras de campanha de Bernie Sanders afirmou que: “Me parece que ela (Tara Reade) está sendo ignorada porque pode se tornar uma verdade inconveniente para o Partido Democrata”.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 Comentários

  1. Só vale se a acusação for contra Trump,ou alguém ligado a ele,caso contrário,não tem nada de #MeToo!

    Responder
  2. Essa esquerda é hipócrita e vagabunda em qualquer lugar do mundo mesmo, viu…

    Responder
  3. A esquerda, ou os Progressistas, é igual em todo o lugar e sempre. Só vale para os adversários. Gente nojenta.

    Responder
  4. É impressionante como todo esquerdista tem um criminoso de estimação.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias