Pesquisadores holandeses identificam anticorpo capaz de bloquear covid-19 - Revista Oeste

Em 4 Maio 2020, 17:45

Pesquisadores holandeses identificam anticorpo capaz de bloquear covid-19

4 Maio 2020, 17:45

Segundo cientistas, o anticorpo encontrado é totalmente humano

Foto: PxHere

Um grupo de cientistas holandeses identificou um anticorpo que impede o vírus sars-cov2, causador da covid-19, de infectar células. A descoberta pode significar um primeiro passo para o desenvolvimento de um tratamento de cura e prevenção do novo coronavírus.

A revista científica Nature Communications publicou a pesquisa nesta segunda-feira, 4. O trabalho foi conduzido por investigadores da Universidade de Utrecht, do Centro Médico Erasmus e da Harbour BioMed (HBM), na Holanda. Segundo eles, o anticorpo descoberto pode neutralizar a infecção em culturas celulares.

“Esse anticorpo neutralizante tem potencial para alterar o curso da infecção no hospedeiro contaminado, apoiar a eliminação do vírus ou proteger um indivíduo não infectado exposto ao vírus”, afirmou Berend-Jan Bosch, líder da pesquisa, em comunicado.

Bosch explica na publicação que observou que o anticorpo se liga a um domínio que é conservado no sars-cov e no sars-cov-2, explicando sua capacidade de neutralizar os dois vírus.

“Esse recurso de neutralização cruzada do anticorpo é muito interessante e sugere que ele pode ter potencial na mitigação de doenças causadas por coronavírus relacionados que possam surgir futuramente”, esclareceu.

Professor da Academia de Biologia Celular do Erasmus Medical Center, Frank Grosveld, o coautor principal do estudo, explicou que os anticorpos terapêuticos convencionais são desenvolvidos primeiramente em outras espécies e, em seguida, precisam ser submetidos a um trabalho adicional para “humanizá-los”.

No entanto, o anticorpo usado nesse trabalho é totalmente humano. “Isso permite que o desenvolvimento prossiga mais rapidamente e reduz o potencial de efeitos colaterais relacionados ao sistema imunológico”, ressaltou Grosveld.

De acordo com o presidente da HBM, Jingsong Wang, é necessário trabalhar mais para determinar se esse anticorpo pode proteger ou reduzir a gravidade da doença nos seres humanos. Mas deixou claro sua confiança na nova tecnologia, que pode “ajudar a responder à necessidade urgente de saúde pública”, segundo publicou o portal português Observador.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 Comentário

  1. Já e uma ótima notícia…esperando que se torne realidade em breve

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias