Petrobras estima reduzir 22% dos funcionários com programas de saída voluntária

Em 3 jul 2020, 14:12

Petrobras estima reduzir 22% dos funcionários com programas de saída voluntária

3 jul 2020, 14:12

Presidente da Petrobras afirma que o enxugamento vai ajudar a empresa a enfrentar com sucesso um cenário de preços mais baixos do petróleo no longo prazo

Castello Branco

Presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco | Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

A Petrobras informou que 10.082 funcionários da companhia se cadastraram em programas de desligamentos voluntários e aposentadoria incentivada. O número representa 22% do atual quadro da estatal.

A empresa estima uma redução de custo de pessoal até 2025 em torno de R$ 4 bilhões por ano.

LEIA MAIS: O MONSTRO ESTADO E A ECONOMIA INFORMAL

O retorno adicional será de aproximadamente R$ 18 bilhões até 2025. Esse valor se baseia no custo evitado de pessoal de R$ 22 bilhões menos o desembolso com as indenizações, avaliado em R$ 4 bilhões.

Segundo o presidente da Petrobras Roberto Castello Branco, a diminuição no número de funcionários contribui “para a redução permanente da estrutura de custos da companhia”.

O impacto esperado das indenizações no caixa da companhia não será imediato em 2020, mas sim diluído ao longo dos próximos três anos.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias