Petrobras recupera mais de R$ 265 milhões em acordo de leniência

Em 30 jun 2020, 07:30

Petrobras recupera mais de R$ 265 milhões em acordo de leniência

30 jun 2020, 07:30

No total, R$ 4,5 bilhões já foram devolvidos à estatal em razão das tratativas firmadas pela força-tarefa da Operação Lava Jato

petrobras

Escândalos de corrupção na estatal ocorreram nos governos do PT Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

A Petrobras foi indenizada na semana passada em mais de R$ 265,1 milhões devido a um acordo de leniência. É o que informou a assessoria de imprensa da estatal no sábado 27. Desta forma, as tratativas foram celebradas pelas empresas Technip Brasil e Flexibras. Em síntese, elas teriam lesado a petrolífera.

Leia também: Lava Jato mira ex-ministro de Lula por desvios na Eletronuclear

Ao somar acordos de leniência, repatriação e colaboração, o total de recursos devolvidos à companhia chega a R$ 4,5 bilhões. Assim sendo, o valor é resultado do trabalho da força-tarefa da Lava Jato. Em um ano, a Petrobras recuperou R$ 1,2 bilhão do dinheiro desviado em escândalo de corrupção.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 Comentário

  1. Atenção Lula e Dilma e toda a esquerda: já foram recuperados bilhões da corrupção que vcs querem negar que tenha havido emborabprovas consistentes estejam com a justiça. Espero quem mais seja recuperado. Funcionários da estatal deve ser investigados pois além dos diretores que foram presos pode ter mais funcionários no esquema.a Petrobras e um reduto de eleitor sinto assim como outras estatais. Muitos são dignos e honestos mas há os que vivem apoiando o pt mesmo com este partido quase ter falido a Petrobras, hj recuperada

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias