Petz levanta mais de R$ 300 milhões ao estrear na Bolsa de Valores

Edição da semana

Em 11 set 2020, 14:46

Petz levanta mais de R$ 300 milhões ao estrear na Bolsa de Valores

11 set 2020, 14:46

Rede de pet shops passa a negociar ações na B3

petz ipo

Daniel Sonder (VP da B3), o border collie Wolke (mascote da Petz), Sergio Zimerman (diretor-presidente da Petz) e a apresentadora Vanessa Cochi

Rede de pet shops com mais de 100 lojas no país, a Petz concluiu na manhã desta sexta-feira, 11, a sua oferta pública inicial, ato mais conhecido pela sigla inglesa IPO e que marca a estreia de uma empresa no mercado de ações. A partir de agora, a companhia passa a ter vez nos pregões na B3, a Bolsa de Valores do Brasil.

Leia mais: “A Bolsa de Valores e a nova revolução do capitalismo”

Com seus ativos identificados na B3 por PETZ3, a debutante na Bolsa de Valores movimentou o mercado de ações. De acordo com a própria empresa, o IPO da Petz levantou R$ 336,7 milhões. Nesse sentido, cada ação foi precificada em R$ 13,75. Conforme anteriormente registrado junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgão que regula o mercado de ações do país, o valor captado será direcionado à ampliação da rede, com construção de lojas e hospitais veterinários. Além disso, parte dos recursos será destinada a investimentos tecnológicos, sobretudo em canais digitais.

B3 animada

Para o vice-presidente financeiro da B3, Daniel Sonder, a chegada de uma companhia de pet shops à Bolsa De Valores ajuda a aproximar o mercado de capitais a novos investidores; “A bolsa de valores vive uma verdadeira revolução, com um crescimento inédito na base de investidores pessoas físicas. Para esse perfil de investidor, em especial, além de bons ativos, boas histórias importam muito.”

“Ajuda a tornar o mercado de capitais cada vez mais tangível”

“A oportunidade de ampliar o relacionamento de consumidor e frequentador das lojas para investidor da Petz é única e ajuda a tornar o mercado de capitais cada vez mais tangível para esse perfil de investidor”, complementou o executivo. Dessa forma, ele foi ao encontro do que foi noticiado no fim de agosto. Conforme registrado por Oeste, mais de 2,8 bilhões de brasileiros investem na bolsa.

Sergio Zimerman e Wolke - Petz

O cachorro Wolke e o empresário Sergio Zimerman | Foto: DIVULGAÇÃO/PETZ

MAIS: “Mais empresas querem entrar para a bolsa de valores”

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 Comentários

  1. É dinheiro pra cachorro!

    Responder
  2. Parabéns

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Vacinação sem vacina

Falar em obrigar a população inteira a se vacinar — com uma vacina que não existe — significa o quê? Um negócio da China?

Alerta: pesquisas à vista!

Por que as sondagens eleitorais erram tanto, como isso distorce o processo democrático e o que se pode fazer

Supremas diferenças

Ao compararmos o STF à Suprema Corte dos Estados Unidos, o choque é violento

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma guerra civil nos EUA?

A mídia recusa-se a noticiar o que é evidente aos olhos de seus espectadores, e intelectuais argumentam que “saques e protestos violentos são vivenciados como eventos alegres e libertadores”

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês