Colunista da Folha que torceu pela morte de Bolsonaro é intimado pela PF

Edição da semana

Em Em 21 ago 2020, 16:56

PF intima colunista da ‘Folha’ que torceu pela morte de Bolsonaro

21 ago 2020, 16:56

Hélio Schwartsman é convocado a depor em inquérito aberto a pedido do Ministério da Justiça

Hélio Schwartsman - colunista da folha intimado a depor à PF - Bolsonaro

O colunista Hélio Schwartsman | Foto: REPRODUÇÃO

Colunista do jornal Folha de S. Paulo, Hélio Schwartsman terá de responder à pergunta que deu título ao seu artigo publicado em 7 de julho: por que torce para que Bolsonaro morra? Afinal, ele acaba de ser intimado a depor pela Polícia Federal (PF) a respeito de disseminação de conteúdo de ódio.

Leia mais: “Jornalista da Folha defende prisão de Bolsonaro”

Schwartsman foi convocado a depor a agentes da PF por causa de inquérito aberto a pedido do Ministério da Justiça. Conforme noticiado por Oeste na ocasião, o titular da pasta, André Mendonça, entendeu que o colaborador do jornal paulistano havia ferido princípios básicos do Estado democrático de direito. A saber: o texto em questão foi publicado quando o presidente da República estava em tratamento contra a covid-19.

O dia em que ele terá de depor não foi divulgado, assim como a direção da Folha de S. Paulo não anunciou se irá recorrer da decisão da PF.

Apesar de torcer publicamente pela morte do mandatário do país, Schwartsman seguiu — e segue até hoje — no time de colunistas da Folha de S. Paulo. O artigo em que revela torcida contra a saúde de Bolsonaro recebeu, contudo, críticas vindas dos bastidores do poder. Isso porque o texto foi repudiado pelos presidentes do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli.

Mea culpa, mas…

Após fazer mea culpa em editorial, a equipe da Folha relativizou o teor do conteúdo exposto por seu colunista. A ombudsman da publicação, por exemplo, chegou a compará-lo a Paulo Francis, a quem foi definido como “agressivo”. No entanto, ela não explicou se, em algum momento da carreira como articulista, Francis chegou a pedir a morte de alguém.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

16 Comentários

  1. Isso é ótimo pra PROVAR que o discurso do ódio é muito mais usado pela ESQUERDA!
    Os vagabundos achavam que nunca seriam “incomodados” ao destilar seu ódio! Isso mudou e parabenizo o Ministério da Justiça!

    Responder
    • Que a justiça prevaleça e sirva para conter atitudes criminosas como esta adotada por esse “jornalista” .

      Responder
    • Sim. Concordo.

      Responder
    • Comentário irretocável! Perfeito!

      Responder
  2. Isso é ótimo pra PROVAR que o discurso do ódio é muito mais usado pela ESQUERDA!
    Os vagabundos achavam que nunca seriam “incomodados” ao destilar seu ódio! Isso mudou e parabenizo o Ministério da Justiça!

    Responder
    • Esquerdopatia contaminante sem tratamento!! Só chicote

      Responder
  3. Esse pasquim demonstrou a sua falta de respeito com a população qdo publicou o que o seu blogueiro escreveu e desrespeito maior ainda com os mortos qdo comparou o seu blogueiro com o Jornalista Paulo Francis.

    Responder
    • Não há termos de comparação com o grande Paulo Francis, irreverente, mas pertinente em seus comentários, os mais contundentes. Não. usava agressão gratuita e rasteira dessa péssima qualidade do articulista, defendido de forma lamentável é inconsistente pelo editorial da Folha.

      Responder
  4. Fala o que quer, agora chupa – ameaça também é crime.

    Responder
    • A intimação é mais do que necessário é imprescindível!! Pela sociedade conservadora ser muito democrática, fazer ouvidos moucos e tolerar o absolutamente é intolerável que nosso País chegou neste fundo de poço dos bons costumes e corrupção! A esquerda corrupta exige democracia no entanto nenhum país comunista possui democracia e sim regime de força! Democracia é para quem a merece, hipócritas esquerdistas corruptos se aproveitam da ingenuidade dos conservadores. Intima já!!

      Responder
  5. O ódio pelo Bolsonaro é disseminado pela esquerda demente a muito tempo

    Responder
  6. Tu que esse palhaço quer é audiência. Deixar ele falando sozinho seria a melhor resposta

    Responder
    • Imagine a “Folha de Pequim” em editorial dizendo que torce pela morte de Xi Jiaoping…

      Responder
  7. Se pesquisarem a historia deste sujeito vão encontrar muita coisa não “explicada”. Ele sempre teve “amores” pela esquerda que o favoreceu.

    Responder
  8. O que mais incomoda é a comparação com Paulo Francis. Que loucura é essa? Quem é Hélio? Falou a enorme besteira em busca dos holofotes, que infelizmente, alcançou. Triste é ser apoiado por seus colegas tão idiotas quanto ele.

    Responder
    • Sim. Concordo.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O império dos sem-voto

Há cada vez mais pessoas que nunca receberam um único voto na vida, e não têm mandato nenhum, dizendo o que o cidadão deve ou não deve fazer

O mal de roupa nova

O Partido Democrata não esconde as intenções: quer mais coletivismo, menos autonomia dos Estados, maior controle exercido pelo Executivo central e intervenção na economia

A nova Torre de Babel

Ao contrário do mito bíblico, a torre atual está sendo edificada com base na confusão proposital das palavras por indivíduos desprovidos de inteligência e coragem

Segundo turno nupcial

“Ué, você tá torcendo pra mim?” / “Não sei. Estou indeciso”

A imprensa morre no escuro

A atividade que já foi chamada de “quarto poder” escorrega perigosamente para a irrelevância

O resgate de Tocqueville

O desprezo pelo cristianismo, tão comum em meios “progressistas”, representa um perigoso afastamento dos pilares norte-americanos

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês