Podemos rebate senadora que propôs PEC para reeleição no Congresso

Edição da semana

Em Em 3 set 2020, 18:31

Podemos rebate senadora que propôs PEC para reeleição no Congresso

3 set 2020, 18:31

Líder do Podemos no Senado, Álvaro Dias, classificou a proposta da senadora Rose Freitas como uma forma de perpetuar parlamentares no poder

Podemos

Nota de repúdio foi lida pelo líder Álvaro Dias (PR) | Foto: Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

O líder do Podemos no Senado, Álvaro Dias (Podemos-PR), reagiu contra a proposta da senadora Rose de Freitas (Podemos-ES) que pretende permitir a reeleição para a presidência do Congresso dentro da mesma legislatura. A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) apresentada por Rose, que é o do mesmo partido de Álvaro Dias, beneficiaria o atual presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) e o presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Durante a sessão virtual do Senado desta quinta-feira, 3, Álvaro Dias leu um nota do partido, onde classificou a proposta Freitas como uma forma de perpetuar pessoas no poder. “Abre-se no Congresso a temerária possibilidade de perpetuidade nos cargos de direção”, disse o senador.

Leia também: “A saga de Alcolumbre para ser o novo Renan do Senado”

Nos bastidores, a nota do líder foi encarada como um recardo para Rose de Freitas. “Ainda que se reconheçam seus méritos e conquistas, a reeleição indefinida apequena as Casas do Congresso como instituições e desvaloriza os seus membros, como se não fossem todos pares e não houvesse capazes e preparados para a direção das Casas”, prosseguiu Álvaro Dias.

“O Podemos não assume posição contra ninguém. Não estamos contra Rodrigo Maia e muito menos estamos contra Davi Alcolumbre, a quem respeitamos e admiramos, mas estamos ao lado da Constituição, da postura republicana e da tese de alternância no poder”, completou o líder da bancada. A nota é assinada pela presidência do partido e pelas lideranças no Congresso.

Ainda em fase de coleta de apoio, a PEC precisa ser aprovada por 49 senadores e 308 deputados, em dois turnos de votação em cada Casa.

Constituição

Atualmente, a Constituição veda a senadores e deputados a reeleição para presidente ou para compor a Mesa Diretora das Casas em dois mandatos seguidos. A discussão sobre a possibilidade de reeleição de Maia e Davi foi levada ao Supremo Tribunal Federal (STF). A Corte analisa a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 6524, movida pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB). Ainda não há data para o julgamento.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 Comentários

  1. Senadora inexpressiva tentando ganhar espaço com a turma do mal.

    Responder
  2. Como fede esse Senado!
    Cada senador se revela mais podre que o outro!
    Que sina do povo brasileiro!
    Amapá e Rio de Janeiro, desta vez defecaram demais!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O império dos sem-voto

Há cada vez mais pessoas que nunca receberam um único voto na vida, e não têm mandato nenhum, dizendo o que o cidadão deve ou não deve fazer

O mal de roupa nova

O Partido Democrata não esconde as intenções: quer mais coletivismo, menos autonomia dos Estados, maior controle exercido pelo Executivo central e intervenção na economia

A nova Torre de Babel

Ao contrário do mito bíblico, a torre atual está sendo edificada com base na confusão proposital das palavras por indivíduos desprovidos de inteligência e coragem

Segundo turno nupcial

“Ué, você tá torcendo pra mim?” / “Não sei. Estou indeciso”

A imprensa morre no escuro

A atividade que já foi chamada de “quarto poder” escorrega perigosamente para a irrelevância

O resgate de Tocqueville

O desprezo pelo cristianismo, tão comum em meios “progressistas”, representa um perigoso afastamento dos pilares norte-americanos

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

É o “mecanismo”

É o “mecanismo”

A 3ª maior doadora da campanha paulistana do PSOL é uma herdeira da empreiteira de obras públicas Andrade Gutierrez...

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês