14 Estados já monitoram celulares

Os governadores que adotaram a tecnologia de geolocalização querem saber quantas pessoas estão respeitando o isolamento social
-Publicidade-
Vigilância | Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR
Vigilância | Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR

Os governadores que adotaram a tecnologia de geolocalização querem saber quantas pessoas estão respeitando o isolamento social

Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR
-Publicidade-

Você sabia que ferramentas de geolocalização criadas por startups ou pelas operadoras de telefonia já estão sendo utilizadas em mais da metade dos Estados brasileiros?

Os governadores que adotaram a tecnologia querem, portanto, saber quantas pessoas estão respeitando o isolamento social. Sendo assim, isso significa que o Estado vigia você.

O cenário tem levantado indagações no debate público acerca da privacidade das pessoas. De acordo com as empresas que oferecem o serviço aos entes federativos, os dados dos usuários estão preservados.

“É complexo falar em normatização de dados pessoais. Não dá para falar que um dado é 100% útil ou 100% anônimo”, afirmou o diretor da Data Privacy Brasil, Bruno Bioni, numa entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.

Conforme noticiou Oeste na última terça-feira 14, o acordo de monitoramento de celulares assinado pelo governador João Doria (PSDB-SP), por exemplo, foi alvo de investigação do Ministério Público Federal.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comment

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site