80% do IFA exportado pela China veio para o Brasil, afirma Carlos França

Chanceler brasileiro negou que exista problemas políticos que atrapalhem a produção de vacinas no Brasil
-Publicidade-
Ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto Franco França | Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado
Ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto Franco França | Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado

O ministro das Relações Exteriores, Carlos França, negou nesta quinta-feira, 6, que exista qualquer tipo de problema político com a China que atrapalhe a produção de vacinas no Brasil. O chanceler citou, por exemplo, que 80% do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) exportado pelo governo chinês veio ao Brasil.

O chanceler informou que tem uma relação muito boa com o embaixador da China, Yang Wanming, e disse que o Brasil também tem uma importância grande para a nação asiática. “Somos grandes parceiros e não há razão para que deixemos de ser”, afirmou na comissão de relações exteriores do Senado.

Leia mais: “Acordo Mercosul-UE enfrenta resistências ‘disfarçadas em preocupações ambientais’, diz ministro”

-Publicidade-

“O embaixador da China no Brasil, com quem eu tenho muito boa relação, ele outro dia recordava que 80% do IFA exportado pela China veio para o Brasil, ou seja, de cada 100 litros de IFA exportado pela China, 80 são destinados ao Brasil, acho que isso dá a medida da importância estratégica que a relação tem”, destacou o ministro.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário

  1. 80% para o Brasil? Me parece que não há muitos países interessados em importar vacinas da China. Não parece estranho? Será que estamos comprando um bom produto? Quais serão os compradores dos outros 20%?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro