-Publicidade-

82% dos distritos de SP têm queda na média diária de mortes por covid-19

Óbitos em decorrência do novo coronavírus caem em 79 dos 96 distritos de paulistanos
Rua Barão de Itapetininga, região   central de São Paulo |  Foto: Fábio Vieira/FotoRua/Estadão Conteúdo
Rua Barão de Itapetininga, região central de São Paulo | Foto: Fábio Vieira/FotoRua/Estadão Conteúdo

Óbitos em decorrência do novo coronavírus caem em 79 dos 96 distritos de paulistanos

São Paulo
Rua Barão de Itapetininga, região central de São Paulo | Foto: Fábio Vieira/FotoRua/Estadão Conteúdo

A média diária de óbitos por covid-19 diminuiu em 82% dos distritos de São Paulo entre o fim de agosto e o final de setembro. Isso significa que em 79 dos 96 houve desaceleração no ritmo de mortes. Em 16 aumentou e em apenas um permaneceu estável.

O levantamento foi feito pelo jornal O Estado de S. Paulo com base em boletins detalhados da Prefeitura liberados em 3 e 31 de agosto e 24 de setembro.

LEIA MAIS: Covas gasta R$ 7 milhões em ‘urnas funerárias’ à toa

O destaque positivo é que em três bairros não houve mortes até agora em setembro:

  • Vila Leopoldina (zona oeste)
  • Marsilac (zona sul)
  • Pari (centro)

Por outro lado, nos três com maior aceleração, dois ficam na zona leste: Cangaíba, com 72%, e São Lucas, 67%. O outro é a Liberdade, no centro, com variação positiva nas mortes de 63%.

UTI

O Estado relatou até ontem 985.628 casos e 35.622 mortes. São dez semanas de queda consecutiva nas taxas de ocupação de leitos de UTI.

Na Grande São Paulo, a taxa é de 42,5% e a Secretaria Estadual da Saúde de São Paulo decidiu que iniciará o redirecionamento de leitos de terapia intensiva para outras doenças.

Com informações do Estadão Conteúdo

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês