Alguns ministros querem transformar STF em partido político, afirma deputado

Sem citar nomes, José Medeiros disse que alguns magistrados do tribunal acreditam que podem interpretar a lei 'a seu bel-prazer'
-Publicidade-
Deputado José Medeiros
Deputado José Medeiros | Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O deputado José Medeiros (Podemos-MT) afirmou nesta quarta-feira, 17, a Oeste que alguns ministros do Supremo Tribunal Federal se acham acima da lei e querem transformar a Corte em partido político para interferir nas eleições de 2022.

Sem citar nomes, ele disse que alguns magistrados do tribunal acreditam que podem interpretar a lei “a seu bel-prazer”. “Isso é um fio desencapado, e minha preocupação é que fios desencapados costumam dar curto-circuito.”

-Publicidade-

Leia mais: “Fachin, o STF e a grande ameaça à segurança jurídica do país”, artigo de J. R. Guzzo publicado na Revista Oeste

“Quando você tem um Supremo em que alguns ministros se acham acima da lei, com licença para interpretar a lei a seu bel-prazer, e que querem transformar o Supremo em um partido político para ter interferência direta nas eleições em 2022, isso é um fio desencapado, e minha preocupação é que fios desencapados costumam dar curto-circuito”, destacou o parlamentar.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.