Aliado de Moro, Alvaro Dias já recebeu doação de doleiro preso na Lava Jato

O parlamentar recebeu horas de voo de empresas de Alberto Youssef
-Publicidade-
Ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro
Ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro | Foto: Marcos Corrêa/PR

Preso pela Lava Jato, Alberto Youssef doou para a campanha eleitoral do senador Alvaro Dias (Podemos-PR). Atualmente, o parlamentar é o principal aliado de Sergio Moro, ex-juiz da operação.

As doações foram viagens em jatinhos cedidos pelas empresas de Youssef que foram realizadas por Dias durante a disputa eleitoral de 1998. O atual aliado de Sergio Moro, na época, fazia parte dos quadros dos PSDB do Paraná. Ele já havia sido governador do Estado e se elegeu naquele ano pela primeira vez para o cargo de senador.

De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, “as informações estão na prestação de contas de Dias entregue naquele ano à Justiça Eleitoral no Paraná”.

-Publicidade-

As empresas utilizadas foram a Marino Táxi Aéreo e a Youssef Câmbio & Turismo. O valor em horas de voo delas foi, respectivamente, R$ 9,8 mil e R$ 11,2 mil, somando, portanto, R$ 21 mil. A quantia equivale a cerca de 5% do valor completo da campanha de Dias em 1998 (R$ 391 mil).

Em depoimento a uma CPI sobre a Petrobras, em 2015, Youssef falou sobre as doações. “Na época, eu fiz a campanha do senador Alvaro Dias, e parte dessas horas voadas foi paga pelo [Luis] Paolicchi, que foi secretário de Fazenda da prefeitura de Maringá, e parte foram doações mesmo que eu fiz das horas voadas”, disse ele.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

7 comentários Ver comentários

  1. Leio todos os dias a revista oeste, mas poxa, a chamada dessa notícia parece Uol e Folha. Na Uol eles escrevem Fulano, conhecido de Jair Bolsonaro, se envolve em alguma coisa. O Álvaro Dias recebe dinheiro e aparece a foto do Moro. Espero que essa revista que tanto gosto, seja diferente do “consórcio de veículos de imprensa”.

  2. O político brasileiro atingiu o pior índice de descredito, desrespeito, antipopularismo e muito mais. Quero ver esses gaiatos fazendo campanha com dinheiro público pedindo VOTO. Quando os JATINHOS descerem em sua cidade com os dito cujo, lembre-se que quem tá pagando a conta é você.

  3. Não é esse aí que vive dizendo que não faz rachadinha mas vive do dinheiro que seu partido arrecada de todo filiado que tem uma boquinha estatal? Que delícia ver o ex-juiz cantando “Lula lá ” no segundo turno.

  4. Nada a estranhar sobre esse CANALHA que apoiou enérgicamente a indicação de outro CANALHA ao “stf”, o “ministro” Fachin, que é o único responsável pela soltura do maior criminoso que o Brasil já teve.

  5. O que dirá Zé Marreco com cara de otário depois disso??? Nada!!! Pois, o que não sai da boca de um político, jamais poderá ser usado contra ele.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.